Dourados – MS sábado, 26 de setembro de 2020
Dourados
38º max
21º min
Reunião

Bancada de MS e governador priorizam infraestrutura e saúde para a LDO 2017

06 Jul 2016 - 06h00
Governador Reinaldo Azambuja, deputados federais e senadores durante reunião ontem no gabinete de Waldemir Moka. - Crédito: Foto: DivulgaçãoGovernador Reinaldo Azambuja, deputados federais e senadores durante reunião ontem no gabinete de Waldemir Moka. - Crédito: Foto: Divulgação
Senadores e deputados de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional reuniram-se com o governador Reinaldo Azambuja ontem (5), no gabinete do coordenador da bancada, senador Waldemir Moka (PMDB), para discutir a apresentação de emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2017.


Azambuja apresentou aos parlamentares uma série de projetos do governo estadual, a maioria na área de infraestrutura, a exemplo da construção, asfaltamento e recuperação de estradas, entre elas, a conclusão da Sul-Fronteira e a inclusão da BR-419, além de investimentos na área da Saúde.


Com relação à Saúde, o governador Azambuja detalha que "as ações permitem a reestruturação dos polos regionais e dos hospitais regionais, principalmente Três Lagoas e Dourados e ainda a possibilidade de equipamentos para esses hospitais". Segundo o governador, as definições acabaram sendo tomadas por unanimidade.


O senador Moka confirmou a concordância da bancada com relação às cinco emendas. "Houve concordância sobre a BR-419, a área de Saúde, a BR-165, que é a Rodovia da Integração, também conhecida como Sul-Fronteira, recuperação do Taquari, além de ferrovias, que são importantes em termos de infraestrutura.


A proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias referente a 2017, do governo Michel Temer (PMDB-SP), segundo prevê o líder do governo na Câmara, André Moura (PSC-SE), deve ser votada até o dia 13 de agosto, já com as prioridades determinadas pela nova equipe econômica.


Segundo determina o processo orçamentário, a LDO compreende as metas e prioridades da administração pública federal, incluindo as despesas de capital para o exercício financeiro subsequente.


É a LDO que orienta a elaboração da Lei Orçamentária Anual, dispõe sobre as alterações na legislação tributária e estabelece a política de aplicação das agências financeiras oficiais de fomento.


Além do senador Moka e do governador, participaram da reunião os senadores Pedro Chaves (PSC) e Simone Tebet (PMDB) e os deputados federais Geraldo Resende, Elizeu Dionísio, ambos do PSDB, Carlos Marun (PMDB), Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Dagoberto Nogueira (PDT). Os demais deputados enviaram representantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eleições 2020: termina hoje prazo para pedir registro de candidatura
Política

Eleições 2020: termina hoje prazo para pedir registro de candidatura

26/09/2020 10:39
Eleições 2020: termina hoje prazo para pedir registro de candidatura
TRE do Rio torna prefeito Crivella inelegível até 2026 por abuso de poder político
Política

TRE do Rio torna prefeito Crivella inelegível até 2026 por abuso de poder político

24/09/2020 18:12
TRE do Rio torna prefeito Crivella inelegível até 2026 por abuso de poder político
Marçal destina R$ 1,1 milhão em emendas para saúde de 10 cidades de MS
recursos

Marçal destina R$ 1,1 milhão em emendas para saúde de 10 cidades de MS

24/09/2020 16:05
Marçal destina R$ 1,1 milhão em emendas para saúde de 10 cidades de MS
Alan Guedes registra candidatura à Prefeitura de Dourados
Eleições 2020

Alan Guedes registra candidatura à Prefeitura de Dourados

24/09/2020 12:03
Alan Guedes registra candidatura à Prefeitura de Dourados
TSE atualiza aplicativo Pardal, que recebe denúncias sobre eleições
Eleições 2020

TSE atualiza aplicativo Pardal, que recebe denúncias sobre eleições

22/09/2020 18:36
TSE atualiza aplicativo Pardal, que recebe denúncias sobre eleições
Últimas Notícias