Dourados – MS sábado, 25 de setembro de 2021
Dourados
36º max
19º min
Institucional - Setembro
Reunião

Bancada de MS e governador priorizam infraestrutura e saúde para a LDO 2017

06 Jul 2016 - 06h00
Governador Reinaldo Azambuja, deputados federais e senadores durante reunião ontem no gabinete de Waldemir Moka. - Crédito: Foto: DivulgaçãoGovernador Reinaldo Azambuja, deputados federais e senadores durante reunião ontem no gabinete de Waldemir Moka. - Crédito: Foto: Divulgação
Senadores e deputados de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional reuniram-se com o governador Reinaldo Azambuja ontem (5), no gabinete do coordenador da bancada, senador Waldemir Moka (PMDB), para discutir a apresentação de emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2017.


Azambuja apresentou aos parlamentares uma série de projetos do governo estadual, a maioria na área de infraestrutura, a exemplo da construção, asfaltamento e recuperação de estradas, entre elas, a conclusão da Sul-Fronteira e a inclusão da BR-419, além de investimentos na área da Saúde.


Com relação à Saúde, o governador Azambuja detalha que "as ações permitem a reestruturação dos polos regionais e dos hospitais regionais, principalmente Três Lagoas e Dourados e ainda a possibilidade de equipamentos para esses hospitais". Segundo o governador, as definições acabaram sendo tomadas por unanimidade.


O senador Moka confirmou a concordância da bancada com relação às cinco emendas. "Houve concordância sobre a BR-419, a área de Saúde, a BR-165, que é a Rodovia da Integração, também conhecida como Sul-Fronteira, recuperação do Taquari, além de ferrovias, que são importantes em termos de infraestrutura.


A proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias referente a 2017, do governo Michel Temer (PMDB-SP), segundo prevê o líder do governo na Câmara, André Moura (PSC-SE), deve ser votada até o dia 13 de agosto, já com as prioridades determinadas pela nova equipe econômica.


Segundo determina o processo orçamentário, a LDO compreende as metas e prioridades da administração pública federal, incluindo as despesas de capital para o exercício financeiro subsequente.


É a LDO que orienta a elaboração da Lei Orçamentária Anual, dispõe sobre as alterações na legislação tributária e estabelece a política de aplicação das agências financeiras oficiais de fomento.


Além do senador Moka e do governador, participaram da reunião os senadores Pedro Chaves (PSC) e Simone Tebet (PMDB) e os deputados federais Geraldo Resende, Elizeu Dionísio, ambos do PSDB, Carlos Marun (PMDB), Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Dagoberto Nogueira (PDT). Os demais deputados enviaram representantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saiba como se posicionam os Deputados Federais de Mato Grosso do Sul sobre a Reforma Administrativa
MS

Saiba como se posicionam os Deputados Federais de Mato Grosso do Sul sobre a Reforma Administrativa

24/09/2021 16:45
Saiba como se posicionam os Deputados Federais de Mato Grosso do Sul sobre a Reforma Administrativa
Política

STF decide se os estados devem pagar hospitais pela tabela SUS

24/09/2021 16:00
Coronel David recebe presidente do Sindimóveis e fortalece diálogo com a categoria
MS

Coronel David recebe presidente do Sindimóveis e fortalece diálogo com a categoria

24/09/2021 09:30
Coronel David recebe presidente do Sindimóveis e fortalece diálogo com a categoria
Projeto de Barbosinha quer dar nome de pescador a ponte sobre o Rio Dourado
PL

Projeto de Barbosinha quer dar nome de pescador a ponte sobre o Rio Dourado

23/09/2021 14:45
Projeto de Barbosinha quer dar nome de pescador a ponte sobre o Rio Dourado
Vereador pede esclarecimentos sobre concurso e convocação de professores
Política

Vereador pede esclarecimentos sobre concurso e convocação de professores

23/09/2021 14:30
Vereador pede esclarecimentos sobre concurso e convocação de professores
Últimas Notícias