Dourados – MS terça, 03 de agosto de 2021
Dourados
28º max
11º min
Política

Azambuja é eleito tesoureiro do PSDB

30 Mai 2011 - 22h36
Reinaldo Azambuja durante a convenção nacional do PSDB em Brasília - Crédito: Foto : DivulgaaçãoReinaldo Azambuja durante a convenção nacional do PSDB em Brasília - Crédito: Foto : Divulgaação
Campo Grande - O deputado federal Reinaldo Azambuja foi eleito tesoureiro do diretório nacional do PSDB durante convenção realizada pelo partido no último sábado, em Brasília, na qual os tucanos reconduziram Sérgio Guerra (PE) à presidência da executiva nacional.


Azambuja - um dos articuladores da chapa vitoriosa - avalia que foi oferecido um importante espaço na composição da nova executiva.

Contente com a postura dos colegas e a forma como foi recebido no ninho tucano desde sua entrada na Câmara Federal, Azambuja tem atuado de forma a colaborar diretamente com o partido do qual é vice-líder da bancada e integrante da Comissão de Agricultura.




Convencionais de todo canto do País, incluindo uma caravana de Mato Grosso do Sul, lotaram o centro de eventos Brasil 21.

Lideranças como o deputado estadual Marcio Monteiro e os vereadores Cristóvão Silveira (Campo Grande) e Careca (Maracaju) acompanharam Azambuja e a senadora Marisa Serrano na convenção.

Após a convenção, Azambuja disse que espera ocupar espaços cada vez mais importantes dentro do PSDB.

CONFRONTO

Os dias que antecederam a convenção do PSDB foram marcados por um clima tenso, uma vez que o racha ficou evidenciado devido ao interesse de José Serra (SP) em controlar o partido.

Na noite de sexta-feira, o embate fez subir a temperatura da crise interna a tal ponto que as três maiores estrelas do PSDB de São Paulo – Fernando Henrique, o governador Alckmin e Serra – ameaçaram boicotar a convenção nacional e não ir a Brasília. Foi um alívio quando Serra desembarcou na madrugada de sábado na capital.

Convencidos de que o ITV (Instituto Teotônio Vilela) é uma estrutura poderosa para Serra trabalhar seu projeto de candidatura presidencial em todo o Brasil, pela autonomia financeira e administrativa que lhe permitiria contratar uma boa equipe de assessores e rodar o País, os aecistas fecharam questão.

O ex-governador José Serra saiu derrotado na briga interna pelo comando do PSDB e pela liderança na fila de pré-candidatos da legenda ao Planalto em 2014.

No novo balanço de poder do partido, o grupo político do senador Aécio Neves (MG) obteve o comando de postos-chave na máquina partidária. Como prêmio de consolação, Serra vai presidir o Conselho Político do PSDB.
Na convenção nacional que reelegeu o deputado Sérgio Guerra presidente nacional da legenda, o governador Marconi Perillo foi escolhido um dos integrantes do conselho.

Depois de uma madrugada tensa de negociações, Serra recuou do desejo de presidir o ITV. Para minimizar danos e não aprofundar o racha partidário, os caciques do partido decidiram turbinar o conselho, atribuindo-lhe funções práticas, como a edição de normas internas. Mas apesar de presidir o novo órgão, Serra não terá ali maioria.


Do mesmo colegiado farão parte o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o próprio Aécio e os governadores Marconi e Geraldo Alckmin (SP).

A luta pelo ITV, que será presidido pelo ex-senador cearense Tasso Jereissati, mais afinado com Aécio, era o pano de fundo do encontro. A disputa antecipou 2014, em uma espécie de primeira etapa das prévias partidárias que irão escolher o candidato tucano à sucessão da presidente Dilma Rousseff.

O objeto real do duelo entre aecistas e serristas era o controle da estrutura partidária para a construção de uma candidatura presidencial.
Com auditório cheio de convencionais, Aécio, Serra e FHC chegaram juntos ao evento. O trio foi recepcionado por um coro que ora pedia um “tucano na Presidência”, ora “Aécio presidente”. No palanque, porém, todos os discursos foram de união partidária. (Com AE).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vereadores e prefeito poderão ter dívidas da Câmara descontadas em folha
Política

Vereadores e prefeito poderão ter dívidas da Câmara descontadas em folha

31/07/2021 08:00
Vereadores e prefeito poderão ter dívidas da Câmara descontadas em folha
Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil
Política

Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil

27/07/2021 16:00
Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil
Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara
Dourados

Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara

26/07/2021 15:00
Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Política

Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022

23/07/2021 08:00
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente
Política

Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente

22/07/2021 15:00
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente
Últimas Notícias