Dourados – MS domingo, 01 de agosto de 2021
Dourados
23º max
12º min
Política

Aprovado o Estatuto da Frente Parlamentar das Ferrovias

16 Mar 2011 - 18h40
Mapa mostra rotas alternativas que podem tornar Dourados entroncamento ferroviário - Crédito: Foto:/ilustração/divulgaçãoMapa mostra rotas alternativas que podem tornar Dourados entroncamento ferroviário - Crédito: Foto:/ilustração/divulgação
DOURADOS - Foi aprovado na manhã de ontem o Estatuto da Frente Parlamentar das Ferrovias no Congresso Nacional. Ao todo 189 deputados federais e 11 senadores participam do bloco suprapartidário em defesa das políticas de fomento do transporte ferroviário no país. O objetivo dos parlamentares é garantir os investimentos na matriz de transporte mais segura, eficiente e ambientalmente sustentável.

Para o representante do Centro Oeste na Frente Parlamentar, o deputado Geraldo Resende (PMDB), “as linhas férreas são uma das melhores alternativas para transportar nossas riquezas. É um debate que faço desde o mandato anterior e os Estados produtores como Goiás, Mato Grosso e o meu Mato Grosso do Sul, têm de ser contemplados”, afirmou o parlamentar, ao ser escolhido vice-presidente da Frente.

Segundo o manifesto da Frente Parlamentar das Ferrovias, os países de tamanho continental como o Brasil utilizam “largamente este modal, exemplo desta opção é a China com 37% de seu transporte executado por trens e locomotivas. Os Estados Unidos tem um alcance ainda maior, 44%, já a Rússia tem 60% de seus transportes ligados as Ferrovias. A meta estipulada para 2025, no Brasil é chegar a 35%.

“Acredito que tem de haver um incremento nos investimentos nas ferrovias do Centro Oeste. A expectativa é que os recursos previstos pelo Plano Nacional de Logística e Transportes (PNLT) de R$ 225 bilhões possam expandir a malha ferroviária e que assim consigamos chegar aos 40 mil quilômetros até 2020”, defendeu Geraldo. Atualmente o território nacional é cortado por 29 mil quilômetros de trilhos.

O vice-presidente da Frente destacou como primeira ação a discussão do traçado alternativo das ferrovias Ferroeste e a Ferrovia Norte-sul, em Mato Grosso do Sul, “Argumentamos que no Estado, a Ferrovia tem de passar pelos municípios de Aparecida do Taboado, Três Lagoas, Nova Andradina, chegando a Dourados e Maracajú, carreando a nossa rica produção”, disse Geraldo.


#####AUDIÊNCIAS


O deputado federal Geraldo Resende (PMDB-MS) participou, junto com os demais integrantes da bancada federal de Mato grosso do Sul, nesta quarta-feira, 16, de reunião com o ministro da Agricultura, Wagner Rossi. O ministro, segundo Geraldo, prometeu apoio para que os produtores minimizem as perdas. Uma das hipóteses é a renegociação das dívidas agrícolas.


Durante a reunião com os três senadores e os oito deputados federais que representam Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional, o ministro da Agricultura, Wagner Rossi, assumiu compromisso de apoiar a renegociação dos débitos dos produtores não apenas da atual safra, que tem perdas que variam de 20% a 50%, mas também de estabelecer condições de financiamento flexíveis para o próximo plantio.

Na quarta-feira da próxima semana, por iniciativa do deputado Geraldo Resende, prefeitos dos 13 municípios seriamente afetados pelas chuvas, vão se reunir com o ministro da Integração, Fernando Bezerra, para reiterar a necessidade de liberação de verbas em caráter emergencial.

Segundo o presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), Jocelito Krug (PMDB), além da quebra na safra, que afeta diretamente os produtores rurais, os municípios enfrentam problemas com as estradas vicinais, que estão sem condições de tráfego, prejudicando o escoamento de produtos agrícolas e afetando ainda o transporte escolar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vereadores e prefeito poderão ter dívidas da Câmara descontadas em folha
Política

Vereadores e prefeito poderão ter dívidas da Câmara descontadas em folha

31/07/2021 08:00
Vereadores e prefeito poderão ter dívidas da Câmara descontadas em folha
Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil
Política

Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil

27/07/2021 16:00
Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil
Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara
Dourados

Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara

26/07/2021 15:00
Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Política

Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022

23/07/2021 08:00
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente
Política

Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente

22/07/2021 15:00
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente
Últimas Notícias