Dourados – MS quinta, 17 de janeiro de 2019
WhatsApp
WhatsApp
Soltos

Após 5 meses detidos, Puccinelli e filho são soltos pelo STJ

19 Dez 2018 - 14h58Por CG News
Após 5 meses detidos, Puccinelli e filho são soltos pelo STJ - Crédito: Arquivo Crédito: Arquivo

A ministra Laurita Vaz, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), concedeu há pouco liminar para o ex-governador André Puccinelli e seu filho, o advogado André Puccinelli Junior, liberando-os da prisão preventiva que estava em vigor desde 20 de julho. Ambos foram presos durante a operação Papiros de Lama, a quinta fase da Lama Asfáltica e, desde então, ocupavam a cela 17 do Centro de Triagem Anísio Lima, no complexo penitenciário de Campo Grande.

Puccinelli e Puccinelli Junior foram alvos da Papiros de Lama –que apurou o uso do Instituto Ícone para o recebimento de recursos supostamente oriundos de desvios e propinas de empresas com contratos na administração estadual durante a gestão de Puccinelli. Registrado sob o nome do advogado João Paulo Calves –que chegou a ser preso mas, em 23 de outubro, também foi liberado por determinação do STJ, ocasião em que a Corte negou a liberdade de Puccinelli e seu filho.

A soltura ocorre após diversas idas e vindas de pedidos de habeas corpus apresentados à Justiça –rejeitados no TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) e no próprio STJ. O caso chegou ao STF (Supremo Tribunal Federal), mas acabou retirado pela defesa dos investigados.

Os advogados do ex-governador e do advogado viram a Procuradoria-Geral da República dar parecer contrário à liberação, em apelação na qual se apontou irregularidades na Papiros de Lama que, entre outras ações, envolveu busca e apreensão que teria ocorrido sem autorização judicial e falta de elementos que provam o uso do Ícone para lavagem de dinheiro.

As ações incluíram a descoberta de uma quitinete no Indubrasil, onde havia vários documentos de Puccinelli –supostamente informações fiscais e financeiras e que sugeriam uso da atividade rural para ocultação de dinheiro obtido de forma ilícita. Mesmo assim, a PGR havia concordado com a alegação da acusação, de que a prisão era necessária para garantia da ordem pública e regularidade da instrução criminal.

O STJ apenas comunicou a soltura do ex-governador e de seu filho. Não foram divulgados detalhes da decisão. A prisão em julho frustrou os planos de Puccinelli novamente disputar o governo estadual neste ano –mesmo assim, o ex-presidente regional do MDB foi constantemente visitado por lideranças políticas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Empossado para o segundo mandato, Reinaldo Azambuja aposta em alinhamento com Governo Federal
Governo de MS

Empossado para o segundo mandato, Reinaldo Azambuja aposta em alinhamento com Governo Federal

02/01/2019 08:00
Empossado para o segundo mandato, Reinaldo Azambuja aposta em alinhamento com Governo Federal
Ministério da Agricultura fica responsável por demarcar terra indígena
Questão Indígena

Ministério da Agricultura fica responsável por demarcar terra indígena

02/01/2019 07:56
Ministério da Agricultura fica responsável por demarcar terra indígena
Bolsonaro toma posse como presidente para mandato até 2022
Novo Governo

Bolsonaro toma posse como presidente para mandato até 2022

01/01/2019 15:15
Bolsonaro toma posse como presidente para mandato até 2022
Marco Aurélio manda soltar condenados em segunda instância, inclusive Lula
FIm de Ano

Marco Aurélio manda soltar condenados em segunda instância, inclusive Lula

19/12/2018 13:40
Marco Aurélio manda soltar condenados em segunda instância, inclusive Lula
Bolsonaro vai criar conselho interministerial para conflitos de terras
Novo Governo

Bolsonaro vai criar conselho interministerial para conflitos de terras

18/12/2018 17:00
Bolsonaro vai criar conselho interministerial para conflitos de terras
Últimas Notícias