Dourados – MS quinta, 17 de janeiro de 2019
Anuncie aqui
Anuncie aqui
Operação

Três senadores e três deputados federais são alvos de operação da PF

11 Dez 2018 - 08h31Por da Redação
Três senadores e três deputados federais são alvos de operação da PF - Crédito: Arquivo Crédito: Arquivo

A Polícia Federal e o Ministério Público cumprem hoje (11) 24 mandados de busca e apreensão, assim como 48 intimações para oitivas no Distrito Federal, em São Paulo, Minas Gerais, no Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e na Bahia, além de Mato Grosso do Sul, do Tocantins e Amapá. São investigados os crimes de corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Informações preliminares indicam que os alvos são três senadores do PSDB e DEM, além do mesmo número de deputados do Solidariedade, PDT e PTB.

A PF no Distrito Federal confirmou a Operação Ross. No total, 200 homens trabalham na ação, que investiga o recebimento de vantagens indevidas por parte dos parlamentares no período de 2014 a 2017.

A Operação Ross é um desdobramento da Patmos, deflagrada pela PF em maio de 2017. Os valores investigados, que teriam sido utilizados também para a obtenção de apoio político, ultrapassam R$ 100 milhões.

Alvos

Os alvos são apartamentos de um senador e da irmã dele no Rio de Janeiro, assim como de uma parlamentar, também na capital fluminense. Em São Paulo, o imóvel de outro deputado está na mira, assim como apartamentos de senadores em Belo Horizonte.

Como há mandados expedidos para parlamentares no Rio Grande do Norte e na Bahia, há imóveis de um senador e um deputado também alvos da ação em Natal e Salvador.

Os mandados de busca e apreensão foram autorizados a partir do inquérito 4.519, relatado pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).  

Denúncias

A operação se baseia em informações de empresários, que teriam relatado a promotores a emissão de notas fiscais frias. Há denúncias, que estão sob investigação, sobre a suposta compra de apoio político do Solidariedade, e que empresários teriam ajudado com doações de campanha e caixa 2, por meio de notas frias.

Nome

O nome da Operação Ross é referência ao explorador britânico que dá nome à maior plataforma de gelo do mundo, na Antártida, fazendo alusão às notas fiscais frias que estão sendo investigadas.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motociclista bate contra caminhão de lixo e morre na MS-156
Acidente

Motociclista bate contra caminhão de lixo e morre na MS-156

28/12/2018 09:26
Motociclista bate contra caminhão de lixo e morre na MS-156
Rapaz que matou namorada e filha é encontrado morto em cela na PED
Dourados

Rapaz que matou namorada e filha é encontrado morto em cela na PED

21/12/2018 10:05
Rapaz que matou namorada e filha é encontrado morto em cela na PED
Estado combate crime organizado na fronteira com sistema de controle rodoviário em tempo real
Segurança

Estado combate crime organizado na fronteira com sistema de controle rodoviário em tempo real

18/12/2018 14:00
Estado combate crime organizado na fronteira com sistema de controle rodoviário em tempo real
Em uma semana PM apreende mais de cinco toneladas de drogas e recupera 47 veículos
Polícia

Em uma semana PM apreende mais de cinco toneladas de drogas e recupera 47 veículos

18/12/2018 08:12
Em uma semana PM apreende mais de cinco toneladas de drogas e recupera 47 veículos
Homicídios em MS diminuíram 15% em 2018, segundo a Sejusp
Mato Grosso do Sul

Homicídios em MS diminuíram 15% em 2018, segundo a Sejusp

17/12/2018 08:00
Homicídios em MS diminuíram 15% em 2018, segundo a Sejusp
Últimas Notícias