Dourados – MS domingo, 12 de julho de 2020
Dourados
32º max
17º min
Policia

Tios são presos acusados de torturar menino de 4 anos em rituais

25 Fev 2016 - 06h00
Marcas de queimaduras causadas por cigarro, queimaduras causadas por pinga e hematomas de agressões eram visíveis no menino. - Crédito: Foto: DivulgaçãoMarcas de queimaduras causadas por cigarro, queimaduras causadas por pinga e hematomas de agressões eram visíveis no menino. - Crédito: Foto: Divulgação
Uma criança de 4 anos está internada na Santa Casa de Campo Grande desde a noite de terça-feira com um dos braços quebrados, ferimentos nos olhos, queimaduras no rosto e várias lesões pelo corpo. Conforme a Polícia Civil, o garoto era torturado pelos tios possivelmente em rituais de magia negra. Um casal está preso e um jovem de 18 anos foragido. O caso foi veiculado ontem e tomou os principais destaques na imprensa da Capital.


A criança vivia em um abrigo e foi reintegrada à família, quando uma avó cuidava dele, recentemente, estava sob a guarda dos tios.


Esta semana, uma equipe composta por psicólogo e assistente social, que acompanhava o menino, identificou que havia uma situação grave e convenceu os tios a levá-lo até o hospital. Na unidade, a criança foi atendida e logo constada a situação de tortura. A polícia e a equipe do Conselho Tutelar foram acionados.


Os tios da criança foram presos pela Polícia Militar e levados à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro. “A vítima não corre risco de morte, mas está muito machucada”, diz Cassandra.


A criança deu entrada na unidade com o rosto queimado, testículos machucados, unha arrancada, orelha inchada. Em informação do site Campo Grande News, consta que um vídeo mostra a criança amarrada e sendo torturada. O vídeo estava no celular de uma das filhas do casal.


Possuída


Presa por torturar o sobrinho de quatro anos, uma mulher de 31 anos relatou à Polícia Civil que as sessões de maus tratos contra o menino aconteciam quando estava “possuída por Exu”.


De acordo com a delegada plantonista da Depac Centro, Priscila Anuda, a mulher disse que o ritual era para “trazer prosperidade”. As sessões brutais contra a criança aconteciam de três a quatro vezes por semana e os tios diziam ouvir a “voz do diabo”. Segundo a delegada, nos outros dias o menino ficava amarrado. Ainda conforme o relato, a mulher teria dito que o marido, de 46 anos, não gostava da criança, apesar de ser o tio-avô por laço de sangue. Ele também está preso.


O casal vai responder por tortura qualificada e abandono de incapaz. A pena é superior a 10 anos de prisão. “É um crime bárbaro”, afirma a delegada, sobre o caso que chocou Campo Grande.


O jovem de 18 anos que está foragido tem passagem por tráfico de drogas. As filhas do casal, de 9 e 13 anos, negaram envolvimento. Contudo, a adolescente aparece em vídeo do ritual.

Transferida


Após sofrer ameaças e resistência das presas do Instituto Penal Irmã irma Zorzi, em Campo Grande, a tia que confessou torturar o próprio sobrinho de apenas 4 anos precisou ser transferida para uma unidade prisional feminina do interior de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Veículo abandonado com 400 quilos de maconha é apreendido em Dourados
POLÍCIA

Veículo abandonado com 400 quilos de maconha é apreendido em Dourados

11/07/2020 13:02
Veículo abandonado com 400 quilos de maconha é apreendido em Dourados
Trator furtado é recuperado na região pantaneira
POLÍCIA

Trator furtado é recuperado na região pantaneira

11/07/2020 10:41
Trator furtado é recuperado na região pantaneira
Polícia prende dupla que escondia mais de 300 kg de maconha em residência
CAPITAL

Polícia prende dupla que escondia mais de 300 kg de maconha em residência

11/07/2020 09:38
Polícia prende dupla que escondia mais de 300 kg de maconha em residência
Lavagem de Dinheiro

Operação prende empresários ligados ao MBL por lavagem de dinheiro

10/07/2020 13:36
Polícia apreende 268 kg de maconha que seria levada para Campo Grande
POLÍCIA

Polícia apreende 268 kg de maconha que seria levada para Campo Grande

10/07/2020 11:01
Polícia apreende 268 kg de maconha que seria levada para Campo Grande
Últimas Notícias