Dourados – MS segunda, 08 de março de 2021
Dourados
33º max
21º min
Cassems
Prisão Preventiva

Suspeitos de balear mulher estão presos preventivamente

02 Abr 2016 - 06h00
Suspeitos do crime chegaram algemados à delegacia e acompanhados de advogado; eles estão presos. - Crédito: Foto: Sidnei Lemos/94 FMSuspeitos do crime chegaram algemados à delegacia e acompanhados de advogado; eles estão presos. - Crédito: Foto: Sidnei Lemos/94 FM
Os jovens Daniel Roth da Silva e Jonas Humberto Teixeira Silva, ambos de 19 anos, se apresentaram à polícia na tarde de ontem em Dourados. Segundo o delegado Mateus Zampieri, do Serviço de Investigações Gerais (SIG), a prisão preventiva foi decretada e os jovens ficam à disposição da Justiça. Em coletiva na segunda-feira o delegado deve apresentar a dupla e falar sobre o caso.


Eles são apontados como responsáveis pelo latrocínio na forma tentada ao balear uma comerciante na quinta-feira passada, por volta de 7h. A vítima, de 44 anos, está internada.


Ontem, os suspeitos do crime foram à delegacia acompanhados de advogado. Desde a tarde de quarta-feira, policiais do SIG faziam vigilância constante em residências onde eles poderiam estar escondidos, tanto em Dourados quanto em Itaporã, onde moram atualmente.


Na quinta-feira, a polícia divulgou as fotos dos acusados e pediu apoio da população para localizá-los. Ao se apresentarem, eles alegaram estar com medo, justamente pelo cerco policial montado para localizá-los.


Já havia mandado de prisão contra eles, já que a polícia encontrou indícios de que Daniel e Jonas teriam sido, conforme as investigações, os autores do roubo seguido de tentativa de homicídio contra a comerciante. O delegado do SIG, Mateus Zampieri disse que o flagrante pode ser considerado pelo cerco policial existente desde o dia do crime.


Segundo informações da polícia, os dois moravam em Dourados, mas atualmente estavam em Itaporã. Durante o trabalho de investigação, os policiais apreenderam um revólver calibre 38, um Magnum 357, uma moto e os capacetes usados no crime.


A dupla foi ouvida pelo delegado do 1ª DP. A comerciante continua internada na UTI do Hospital da Vida e, segundo informação do Campo Grande News, reage bem ao tratamento.


Maria Sato, o marido e proprietário da empresa Tec Frezzer, Toyoshi Sato, 49, dois funcionários e o filho do casal, de 19 anos, estavam na empresa no momento do crime.


De acordo com o boletim de ocorrência, Maria tentou tomar a arma de um dos criminosos e foi atingida por dois tiros disparados a curta distância. Ao ver a mulher ferida, Toyoshi Sato entrou em luta corporal com o assaltante, mas a pedido do filho soltou o bandido e os dois criminosos fugiram levando apenas telefones celulares.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Camionete furtada no Rio de Janeiro foi recuperada pelo DOF com mais de uma tonelada e meia de maconha
Polícia

Camionete furtada no Rio de Janeiro foi recuperada pelo DOF com mais de uma tonelada e meia de maconha

08/03/2021 08:45
Camionete furtada no Rio de Janeiro foi recuperada pelo DOF com mais de uma tonelada e meia de maconha
OAB repudia prisão de advogada por guarnição da GM
Policia

OAB repudia prisão de advogada por guarnição da GM

08/03/2021 07:51
OAB repudia prisão de advogada por guarnição da GM
Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência
Política

Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência

04/03/2021 12:30
Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência
Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante
Polícia

Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante

04/03/2021 10:12
Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante
PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento
Polícia

PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento

04/03/2021 09:56
PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento
Últimas Notícias