Dourados – MS segunda, 09 de dezembro de 2019
Dourados
28º max
19º min
Tráfico

Rota milionária: Dourados lidera apreensões de cocaína no País pela PRF

Mesmo com traficantes cada vez mais “ousados” polícia apreende 4 vezes mais esse ano. Cargas tiradas de circulação estão avaliadas em R$ 120 milhões

02 Dez 2019 - 09h04Por Valéria Araújo
PRF apreende 4 vezes mais cocaína esse ano - Crédito: Adilson DomingosPRF apreende 4 vezes mais cocaína esse ano - Crédito: Adilson Domingos

Rota milionária da cocaína, a cidade de Dourados é a que mais apreende esse tipo de droga no âmbito da Polícia Rodoviária Federal, que somente esse ano tirou de circulação 4,63 toneladas do entorpecente. Essa carga está avaliada em mais de R$ 120 milhões nos grandes centros do País, mas na Europa pode chegar a custar quase meio bilhão de dólares. As apreensões em Dourados correspondem a 65% do total apreendido de cocaína no Estado. A nível nacional esses índices chegam a 24%. 


Esse ano a Delegacia da PRF de Dourados apreendeu quatro vezes mais cocaína em relação ao ano passado (950 quilos), mesmo com traficantes atuando de forma cada vez mais “criativa”. Para tentar driblar a Polícia vale tudo. Para se ter idéia, uma das maiores apreensões do ano, num trabalho conjunto entre a PRF e a Polícia Federal, aconteceu dentro de um ônibus de turismo religioso.  O flagrante aconteceu no dia 26 de maio na BR 163 em Dourados. O veículo transportava 540 quilos de cocaína escondida. A carga foi avaliada em R$ 5,5 milhões.


De acordo com inspetor-chefe da delegacia de Dourados, Waldir Brasil do Nascimento Júnior, diferente da maconha, o “modus operandi” dos traficantes de cocaína é mais “cauteloso” para tentar despistar os policiais. Isso inclui, por exemplo, manter as carretas com a documentação em dia e em excelente estado de conservação, o que exige da PRF um trabalho mais criterioso.   


Inspetor Waldir Brasil do Nascimento

Inspetor Waldir Brasil do Nascimento Júnior

 


Conforme ele os traficantes estão espalhados em toda a faixa de fronteira Brasil com o Paraguai e os destinos das cargas que tentam passar por MS são os grandes centros como os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Minas Gerais. Outra rota utilizada mantém o Brasil como corredor para a droga que é enviada para o exterior por meio de rota marítima através de portos como o de  Santos, Paranaguá, Itajaí e RN. 


Questionado sobre os motivos do aumento de apreensões esse ano, Waldir Brasil destacou a união de esforços e a dedicação da equipe formada por 27 policiais. “Esse ano tivemos um incremento em nossa área de inteligência e isso foi primordial para que obtivéssemos esse resultado. Outro fator primordial  foi a persistência, determinação e profissionalismo dos nossos policiais”, destacou. 

 

Ele também destacou o apoio da Superintendência da PRF em Campo Grande e do Conselho Institucional de Segurança Pública de Dourados (Coised) que vem realizando um trabalho integrado junto às demais forças policiais de Dourados no combate a todos os tipos de ilícitos. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem espanca, arrasta mulher pelos cabelos e vai preso
Dourados

Homem espanca, arrasta mulher pelos cabelos e vai preso

09/12/2019 08:09
Homem espanca, arrasta mulher pelos cabelos e vai preso
Casal é preso ao esconder crack na fralda de bebê
Rodoviária

Casal é preso ao esconder crack na fralda de bebê

09/12/2019 07:01
Casal é preso ao esconder crack na fralda de bebê
Polícia frustra plano de quadrilha de roubo de caminhão
Dourados

Polícia frustra plano de quadrilha de roubo de caminhão

08/12/2019 09:04
Polícia frustra plano de quadrilha de roubo de caminhão
Falta de efetivo fecha seis postos da PRF em Mato Grosso do Sul
Sem representatividade em Brasília

Falta de efetivo fecha seis postos da PRF em Mato Grosso do Sul

07/12/2019 10:57
Falta de efetivo fecha seis postos da PRF em Mato Grosso do Sul
Polícia

Estudante de 14 anos é esquartejado na fronteira

06/12/2019 17:22
Últimas Notícias