Dourados – MS domingo, 07 de março de 2021
Dourados
33º max
23º min
Influx
Acidente

Queda de avião mata investigado em CPI do Narcotráfico

18 Jul 2016 - 18h48Por Do Progresso
O piloto teria tentado um pouso de emergência, mas a aeronave acabou colidindo “de bico” na pista. - Crédito: Foto: DivulgaçãoO piloto teria tentado um pouso de emergência, mas a aeronave acabou colidindo “de bico” na pista. - Crédito: Foto: Divulgação
O piloto do monomotor Cessna 210, Mário Ney Chaves Pires, de 55 anos, que morreu domingo passado na queda do avião, no aeroporto de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, cidade que fica na fronteira com Ponta Porã, no Brasil, foi alvo da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), tendo sido indiciado na ocasião.


De acordo com o jornal paraguaio ABC Color, Chaves foi preso em 1991 durante uma operação da Polícia Federal, que investigava uma quadrilha acusada de trazer cocaína colombiana para o Brasil e posteriormente para a Europa. Na época, foram apreendidos 849 quilos de cocaína em Marabá, no Pará.


Chaves morreu em companhia do estudante paraguaio, Antônio Marques Duartez, de 24 anos durante a queda da aeronave, que aconteceu por volta das 15h30. O piloto teria tentado um pouso de emergência, mas a aeronave acabou colidindo "de bico" na pista do aeroporto.


A polícia encontrou no avião vários aparelhos celulares e sacos recheados de folhas de coca. A polícia paraguaia acredita que a aeronave voltava da Bolívia e continua investigando as causas da queda do avião.

CPI do Narcotráfico


Mário Ney Chaves Pires, era brasileiro, nascido em Porto Velho (RO), mas morava em Pedro Juan Caballero. As investigações feitas pela CPI, em meados de 2000, apontam participação de Chaves no narcotráfico desde 1999.


A Comissão reuniu parlamentares da Assembleia Legislativa de São Paulo, já que o estado era um dos abastecidos pelas drogas transportadas no esquema ilícito.


O relatório final da CPI do Narcotráfico relatório final indiciou mais de 800 pessoas, entre elas dois deputados federais, 14 estaduais e seis desembargadores. Também entraram na lista prefeitos, delegados de polícia, policiais civis, militares e empresários.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência
Política

Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência

04/03/2021 12:30
Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência
Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante
Polícia

Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante

04/03/2021 10:12
Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante
PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento
Polícia

PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento

04/03/2021 09:56
PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento
Proposta isenta de taxas o veículo recuperado pela polícia após furto
Política

Proposta isenta de taxas o veículo recuperado pela polícia após furto

03/03/2021 16:00
Proposta isenta de taxas o veículo recuperado pela polícia após furto
Comissão de Orçamento aprova relatório com previsão de R$ 1,595 tri
Política

Comissão de Orçamento aprova relatório com previsão de R$ 1,595 tri

03/03/2021 15:30
Comissão de Orçamento aprova relatório com previsão de R$ 1,595 tri
Últimas Notícias