Dourados – MS sexta, 30 de outubro de 2020
Dourados
26º max
18º min
Influx
Polícia

Polícia Civil prende mulher que forjou o sequestro do próprio neto

25 Set 2020 - 08h31
Polícia Civil prende mulher que forjou o sequestro do próprio neto - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

A Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assalto e Sequestro - Garras e de policiais lotados na Regional de Ponta Porã conseguiram resgatar uma criança de 5 meses de idade que havia sido vítima de sequestro na cidade de Ponta Porã, na quarta-feira (23).

Conforme registro feito na tarde de ontem, na 1ª DP da cidade, o pai da criança teria recebido uma mensagem a partir de um número de telefone do Paraguai, com uma foto de seu filho e a seguinte frase: “Opa vamos negociar, eu tenho o que você precisa e você tem o que eu preciso”. Logo em seguida, o mesmo teria feito uma ligação para este número onde sua mãe (que também teria sido sequestrada) foi colocada para falar e provar a autenticidade do sequestro, uma vez que a mesma estava cuidando do filho do comunicante.

De imediato, o pai da criança foi até a residência de sua mãe para averiguar o que estava acontecendo e não encontrou ninguém. No mesmo momento ele recebeu uma mensagem que pedia a quantia de R$ 59 mil e que não era para envolver a polícia.

Policiais do Garras foram acionados no início da noite (23), pela Delegacia de Ponta Porã e com base nas informações colhidas conseguiram identificar a autora e montaram uma vigilância para o pagamento.

No momento e local marcado para o pagamento do resgate, os policiais civis abordaram o táxi onde a avó da criança estava e foram comunicados pelo taxista que uma criança havia sido deixada em uma loja no centro da cidade.

A suspeita, de 44 anos, teria simulado o sequestro na tentativa de extorquir o próprio filho.

No local, os policiais localizaram a criança com a nora da suspeita, que relatou não saber do sequestro e que sua sogra tinha pedido que cuidasse da criança enquanto ia realizar um pagamento.

Dois celulares da autora, inclusive o que foi comprado para simular o sequestro, foram localizados dentro do veículo e apreendidos.

Os policiais seguem em diligências visando identificar outros integrantes da quadrilha. A avó da criança será indiciada pelo crime de extorsão mediante sequestro, cuja pena é de 8 a 15 anos de prisão.

Garras

A Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assalto e Sequestro – Garras possui em seus quadros policiais civis treinados e preparados para situações como esta, capacitados pela Divisão Antissequestro da Polícia Civil de São Paulo, que é referência nesse tipo de ocorrência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em ação conjunta com a Polícia Civil, PRF desmantela quadrilha que transportava veículos para Bolívia
Polícia

Em ação conjunta com a Polícia Civil, PRF desmantela quadrilha que transportava veículos para Bolívia

30/10/2020 14:44
Em ação conjunta com a Polícia Civil, PRF desmantela quadrilha que transportava veículos para Bolívia
Em briga por venda de lote, homem corre atrás de irmã com espingarda
Polícia

Em briga por venda de lote, homem corre atrás de irmã com espingarda

30/10/2020 14:11
Em briga por venda de lote, homem corre atrás de irmã com espingarda
Douradense é preso com 52kg de cocaína
Tráfico

Douradense é preso com 52kg de cocaína

30/10/2020 13:36
Douradense é preso com 52kg de cocaína
GM faz apreensão histórica ao apreender moto com R$ 400 mil em multas
Dourados

GM faz apreensão histórica ao apreender moto com R$ 400 mil em multas

30/10/2020 12:48
GM faz apreensão histórica ao apreender moto com R$ 400 mil em multas
Homem é preso em flagrante furtando fios elétricos de residência
Três Lagoas

Homem é preso em flagrante furtando fios elétricos de residência

30/10/2020 11:38
Homem é preso em flagrante furtando fios elétricos de residência
Últimas Notícias