Dourados – MS quinta, 04 de março de 2021
Dourados
33º max
22º min
Influx
Greve

PM’s e Bombeiros protestam por melhores condições

24 Mai 2016 - 06h00
Alírio Villasanti, presidente da Associação dos Oficiais Militares Estaduais de Mato Grosso do Sul. - Crédito: Foto: DivulgaçãoAlírio Villasanti, presidente da Associação dos Oficiais Militares Estaduais de Mato Grosso do Sul. - Crédito: Foto: Divulgação
Boa parte do efetivo de policiais militares e bombeiros de Mato Grosso do Sul paralisa as atividades hoje reivindicando, além da reposição inflacionária nos salários, a melhoria da situação dos quartéis e viaturas, reposição à falta de coletes à prova de balas, ausência de investimentos em tecnologia e más condições de trabalho. A informação é do presidente da Associação dos Oficiais Militares Estaduais de MS, (AOFMS), Alírio Villasanti, que falou em entrevista coletiva ontem.


"Realizaremos um ‘Dia de Alerta’ para o Governo do Estado, ou seja, em um período inicial de 12 horas, só atuaremos no exato limite de nossas atribuições preventivas e dentro das condições que nos são disponibilizadas pelo Estado", informou a associação em nota.


Segundo Vilassanti, uma única viatura funcionará por unidade. O protesto deve prejudicar a emissão de boletins de ocorrência e o atendimento aos acidentes de trânsito, por exemplo. O mesmo vale para o interior. Em Dourados, maior cidade do interior do Estado e pólo de segurança para uma extensa região, a paralisação, houve confirmação de que o ato não atingirá as ocorrências em caráter emergencial.


"Historicamente, a segurança pública nunca foi prioridade e infelizmente não conseguimos avançar nas negociações com o governo", disse Villasanti, ressaltando que a arrecadação estadual aumentou e que aguardam a reposição que não ocorre desde dezembro de 2014 e que soma 16%.


As declarações foram prestadas durante coletiva à imprensa na manhã de ontem quando representantes das associações de classe da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros criticaram o abono de R$ 200 concedido aos servidores estaduais, alegando que "abono não é aumento, tampouco reposição inflacionária".


Em Campo Grande a redução será de 30 viaturas de quatro rodas por período para sete. O número de motocicletas nas ruas terá redução de 50 para 10 unidades. Em Dourados, o comando não informou quantas viaturas param.


Ainda ontem, o secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, disse em nome do Governo do Estado que MS estava "preparado para a greve".


Para ele, a questão envolve "três sindicatos que não confiam no trabalho do Governo. Conversei com 48 sindicatos e associações que representam 40 mil servidores, dos quais 38 mil já aceitaram, com exceção dos subtenentes e sargentos da PM", explicou o secretário.

Comando-geral


Em nota, o Comando-Geral da PM alegou não reconhecer o movimento grevista e salientou medidas importantes tomadas recentemente para aumento no conforto dos trabalhos dos policiais em Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência
Política

Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência

04/03/2021 12:30
Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência
Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante
Polícia

Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante

04/03/2021 10:12
Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante
PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento
Polícia

PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento

04/03/2021 09:56
PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento
Proposta isenta de taxas o veículo recuperado pela polícia após furto
Política

Proposta isenta de taxas o veículo recuperado pela polícia após furto

03/03/2021 16:00
Proposta isenta de taxas o veículo recuperado pela polícia após furto
Comissão de Orçamento aprova relatório com previsão de R$ 1,595 tri
Política

Comissão de Orçamento aprova relatório com previsão de R$ 1,595 tri

03/03/2021 15:30
Comissão de Orçamento aprova relatório com previsão de R$ 1,595 tri
Últimas Notícias