Dourados – MS quarta, 24 de fevereiro de 2021
Dourados
35º max
24º min
Influx
Operação

PF desmonta quadrilha de cigarro em três estados

12 Jul 2016 - 18h54Por Do Progresso
Organização utilizava lanchas para transportar as cargas de cigarro que saiam do Paraguai. - Crédito: Foto: PF/DivulgaçãoOrganização utilizava lanchas para transportar as cargas de cigarro que saiam do Paraguai. - Crédito: Foto: PF/Divulgação
A Polícia Federal realizou ontem de manhã a operação Pleura em Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo. O objetivo foi desarticular uma organização criminosa que usava rios do país para escoar cargas de cigarros contrabandeados do Paraguai.


Foram cumpridos 38 mandados judiciais, sendo 21 de prisão preventiva e 17 de busca e apreensão.
Cerca de 100 policiais federais participam da operação que tem como base o Paraná, com ações nos municípios de Loanda, Querência do Norte e Capanema. Em São Paulo a atuação acontece em Tupã e Mato Grosso do Sul, em Naviraí.


Em nota, a Polícia Federal afirma que a organização criminosa atuava principalmente no extremo nordeste do Paraná e que diariamente, utilizava os rios Paraná e Ivaí para escoar cargas contrabandeadas de cigarros paraguaios, em embarcações que saíam de Salto del Guairá, no Paraguai.


A investigação começou este ano e descobriu que as ações da organização geraram uma rede de olheiros, carregadores e batedores que utilizavam armas e lanchas de apoio para viabilizar a atividade criminosa em diversas cidades da região.


Um médico e um advogado, irmãos moradores de Loanda, no Paraná, são apontados como líderes do esquema criminoso. De acordo com a PF, além deles, uma família baseada na região também atuava intensamente no contrabando.


O nome da Operação, de acordo com a PF, faz alusão a membrana que protege o pulmão, órgão mais afetado pela atividade criminosa em questão.

Médico


A Polícia Federal revelou que o médico preso trabalhava em dois hospitais públicos das cidades de Santa Isabel do Ivaí e Santa Cruz de Monte Castelo, no noroeste do Paraná.


O suspeito chegou a abandonar alguns plantões nas duas unidades para coordenar o contrabando de mercadorias.


"Detectamos que ele deixou alguns plantões em dois hospitais públicos e foi até os portos onde as embarcações atracavam para dar apoio e coordenar o transporte dos cigarros contrabandeados", disse o delegado da PF, Alexander Boeing Noronha Dias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PMA captura cascavel de cerca de 1,5 metro dentro de residência em Mundo Novo
Polícia

PMA captura cascavel de cerca de 1,5 metro dentro de residência em Mundo Novo

24/02/2021 14:24
PMA captura cascavel de cerca de 1,5 metro dentro de residência em Mundo Novo
DOF apreende veículo com mais de 2 mil litros de herbicida
Polícia

DOF apreende veículo com mais de 2 mil litros de herbicida

24/02/2021 10:55
DOF apreende veículo com mais de 2 mil litros de herbicida
Mulher é presa por pescar no rio mimoso em Bonito
Polícia

Mulher é presa por pescar no rio mimoso em Bonito

24/02/2021 09:41
Mulher é presa por pescar no rio mimoso em Bonito
Polícia Militar prende duas pessoas por tráfico de drogas em Fátima do Sul
Polícia

Polícia Militar prende duas pessoas por tráfico de drogas em Fátima do Sul

24/02/2021 09:22
Polícia Militar prende duas pessoas por tráfico de drogas em Fátima do Sul
Polícia Militar prende duas pessoas com carro cheio de “skunk” em Ponta Porã
Polícia

Polícia Militar prende duas pessoas com carro cheio de “skunk” em Ponta Porã

24/02/2021 09:01
Polícia Militar prende duas pessoas com carro cheio de “skunk” em Ponta Porã
Últimas Notícias