Dourados – MS sábado, 19 de outubro de 2019
Polícia

PF busca núcleo financeiro de facção criminosa em MS e mais dois Estados

06 Ago 2019 - 11h39Por Redação
Cerca de 180 policiais federais cumprem 55 mandados de busca e apreensão, 30 mandados de prisão - Crédito: Arquivo/Agência BrasilCerca de 180 policiais federais cumprem 55 mandados de busca e apreensão, 30 mandados de prisão - Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Agentes da Polícia Federal deflagraram na manhã de hoje (6) a Operação Cravada, para desarticular o núcleo financeiro de uma facção criminosa que atua nos estados do Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Acre, Roraima, Pernambuco e Minas Gerais.

Cerca de 180 policiais federais cumprem 55 mandados de busca e apreensão, 30 mandados de prisão. Deste total, oito mandados serão cumpridos em presídios, sendo três em São Paulo, um no Mato Grosso do Sul e quatro no Paraná.

As ações que têm apoio do Ministério Público do Estado do Paraná, do Departamento Penitenciário Federal, Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo e Polícia Militar do Estado de São Paulo, ocorrem em mais de 15 municípios.

Núcleo financeiro do crime

De acordo com a assessoria da PF, a investigação teve início em fevereiro deste ano, a partir de informações sobre a existência de uma espécie de núcleo financeiro da facção criminosa estabelecido na Penitenciária Estadual de Piraquara, no Paraná. O grupo era responsável por recolher e gerenciar as contribuições para a facção criminosa em todo o território nacional.

Investigadores afirmam que o dinheiro era usado para pagar a aquisição de armas de fogo e de entorpecentes, além de providenciar transporte e manutenção da estadia de integrantes e familiares de membros da facção em locais próximos a presídios.

Os pagamentos, chamados de “rifas”, eram repassados por contas bancárias, de maneira intercalada, com uso de medidas para dificultar o rastreamento. A investigação indica a circulação de aproximadamente R$ 1 milhão por mês nas diversas contas utilizadas pelo grupo.

Foram identificadas e bloqueadas mais de 400 contas bancárias suspeitas em todo o país. Os investigados devem responder por tráfico de entorpecentes, associação para o tráfico e organização criminosa.

 

Fonte: Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia investiga se mãe provocou a morte do bebê antes mesmo dele nascer
Dourados

Polícia investiga se mãe provocou a morte do bebê antes mesmo dele nascer

19/10/2019 09:49
Polícia investiga se mãe provocou a morte do bebê antes mesmo dele nascer
Polícia prende caçadores que mataram jacaré em MS
Operação Hórus

Polícia prende caçadores que mataram jacaré em MS

19/10/2019 08:28
Polícia prende caçadores que mataram jacaré em MS
Operação policial mira vendas de sentenças em MS
Gaeco

Operação policial mira vendas de sentenças em MS

19/10/2019 06:00
Operação policial mira vendas de sentenças em MS
De dentro da Máxima, líder do PCC ordenou 28 assassinatos em MS
Policia

De dentro da Máxima, líder do PCC ordenou 28 assassinatos em MS

18/10/2019 18:40
De dentro da Máxima, líder do PCC ordenou 28 assassinatos em MS
Dourados é a que mais reduz crimes violentos em MS
Segurança Pública

Dourados é a que mais reduz crimes violentos em MS

18/10/2019 11:00
Dourados é a que mais reduz crimes violentos em MS
Últimas Notícias