Dourados – MS segunda, 19 de outubro de 2020
Dourados
34º max
21º min
Influx
Policia

Pelo menos 500 militares já atuam na região de fronteira

15 Jun 2011 - 15h30
Soldados fiscalizam posto da Receita Federal em
Corumbá - Crédito: Foto: Reprodução/TV MorenaSoldados fiscalizam posto da Receita Federal em Corumbá - Crédito: Foto: Reprodução/TV Morena
Mais de dez dias após o governo federal anunciar uma fiscalização militar nas regiões de fronteira do país, o trabalho começou esta semana em Corumbá, na fronteira com a Bolívia. A Operação Atalaia escalou 500 militares.

A barreira do exército foi montada na fronteira com a Bolívia, em frente ao posto fiscal da Receita Federal. Veículos que entram no Brasil por Corumbá passam por uma rigorosa fiscalização. A maior parte dos carros tem placas bolivianas. Os militares verificam a documentação do motorista e do veículo, além de vistoriar a bagagem.

O monitoramento também está sendo realizado na trilha aberta no meio da mata - dentro de uma área militar na fronteira. O local que era utilizado como rota do tráfico e do contrabando está sendo interditado. Em breve o exército deve instalar um alambrado para impedir a passagem de pedestres.

De acordo com o Exército brasileiro, 500 militares da região de fronteira foram escalados para a Operação Atalaia. Eles se dividem em trabalhos de campo e logística. Além dos postos fixos de fiscalização, patrulhas também estão sendo realizadas nas estradas vicinais que dão acesso à Bolívia.

A ação tem apoio de outros órgãos de segurança pública. \"Nós estamos em contato direto com a Polícia Federal, Receita Federal, Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental e Força Nacional de Segurança Pública. Todos esses órgãos estão em conjunto nessa operação\", afirma o major André Levy.

Além da fronteira, outro posto foi montado na BR-262. Segundo a polícia, a rodovia - único acesso terrestre a Corumbá - é muito utilizada por criminosos para escoar drogas, armas e produtos contrabandeados que são levados para os grandes centros urbanos. \"Deveria ser um serviço permanente do exército, evitaria muito a entrada de drogas e armas para dentro do Brasil\", comenta o motorista Wagner Tavarez.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PM em moto morre após colisão com carro dirigido por homem bêbado
Capital

PM em moto morre após colisão com carro dirigido por homem bêbado

19/10/2020 09:41
PM em moto morre após colisão com carro dirigido por homem bêbado
30 kg de cocaína é apreendido pela PRF na BR-376
Tráfico

30 kg de cocaína é apreendido pela PRF na BR-376

19/10/2020 08:30
30 kg de cocaína é apreendido pela PRF na BR-376
Ladrões cortam cerca elétrica, arrombam porta e fazem 'limpa' em residência
Dourados

Ladrões cortam cerca elétrica, arrombam porta e fazem 'limpa' em residência

19/10/2020 07:51
Ladrões cortam cerca elétrica, arrombam porta e fazem 'limpa' em residência
Polícia apreende combio de veículos com produtos do Paraguai avaliados em R$ 230 mil
Fronteira

Polícia apreende combio de veículos com produtos do Paraguai avaliados em R$ 230 mil

19/10/2020 07:19
Polícia apreende combio de veículos com produtos do Paraguai avaliados em R$ 230 mil
Mãe obrigava a filha a se prostituir em MS
Policia

Mãe obrigava a filha a se prostituir em MS

18/10/2020 12:01
Mãe obrigava a filha a se prostituir em MS
Últimas Notícias