Dourados – MS terça, 04 de agosto de 2020
Dourados
31º max
15º min
Segurança e Saúde JBS
POLICIAL

Mecânico confessa paixão pela ex e diz que matou por ciúmes

05 Ago 2016 - 14h34
"Muita paixão". Esse é o motivo pelo qual o mecânico Max William Romana dos Santos, de 24 anos, usou para justificar o assassinato do atual namorado da ex e a tentativa de matá-la. O crime ocorreu no dia 31 do mês anterior, porém ele se entregou após quatro dias e foi apresentado à imprensa nesta sexta-feira (5). Assim como a maioria dos autores de feminicídio, de acordo com a polícia, o jovem falou que jamais aceitou o fim do relacionamento.

"Em depoimento ele disse que mantinha uma paixão pela ex e também que tinha ciúmes do relacionamento dela com o atual. O jovem confessou o crime, porém não informou se foi algo premeditado. Ele também informou que furtou um veículo da oficina mecânica em que trabalha para visitar a filha e lá encontrou o casal", comentou a delegada Fernanda Félix, adjunta da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).

Um dia antes do crime, o suspeito confirma que esteve na casa da vítima. Como não a encontrou, ele foi para uma chácara em Jaraguari, onde encontrou com os pais. "Ambos mantinham a guarda compartilhada. E no dia dos fatos, logo após atropelar a vítima e ferir a jovem, o suspeito contou que saiu correndo, deixando a chave na ignição do carro", ressaltou.

Houve um percurso até ele encontrar com parentes, no Jardim Noroeste. "Max ressaltou que foi orientado a se entregar e por isso compareceu na Deam, às 14h da quarta-feira (3). Havia um mandado de prisão em seu desfavor e por isso ele permaneceu preso. O jovem irá responder homicídio qualificado, tentativa de homicídio e terá um pena que ultrapassa 30 anos de prisão", comentou a delegado Félix.

Nos próximos dez dias, segundo a delegada, a polícia pretende concluir o inquérito e encaminhar ao poder judiciário. Questionado pelo G1 o mecânico preferiu manter o silêncio. O seu advogado Benjamim Hoffmeister comentou que diversos fatos divulgados não condizem com a realidade e por isso muita coisa ainda precisa ser investigada.

"Todas as circunstâncias serão esclarecidas, já que muita coisa errada foi ventilada. Temos, neste momento, uma família que chora pela perda da vítima e outra que chora pelo encarceramento do meu cliente. Ele não confessou o crime diretamente e vamos trabalhar todas essas circunstâncias na fase processual", afirmou o advogado.
Entenda o caso
O crime ocorreu na noite do dia 31 de julho, no bairro Mata do Jacinto, em Campo Grande. Max dirigia um carro do Departamento Estadual do Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS) e atingiu a motocicleta em que as vítimas estavam.

O Detran confirmou que o veículo é do órgão estadual e que estava em uma oficina para manutenção. Informou também que em casos como esse o veículo fica sob "total responsabilidade da empresa" e que esta já está tomando as medidas cabíveis para conserto e situação criminal.

Segundo o registro policial, o mecânico estava sozinho no veículo. Ele atingiu a moto pilotada pela ex-companheira, de 23 anos, que tinha como passageiro o namorado dela, de 25 anos. Os dois foram arrastados por cerca de 16 metros. O rapaz não usava capacete e morreu no local.

O suspeito abandonou o veículo próximo ao local e fugiu. O carro tinha danos na parte da frente, pneus dianteiros estourados e chave estava na ignição.

Conforme o boletim de ocorrência, a jovem foi socorrida para a Santa Casa com ferimentos e consciente. Ela disse à polícia que o ex-marido não aceitava o fim do relacionamento e havia ameaçado ela e o namorado de morte durante a semana.

A jovem já havia denunciado o ex à polícia duas vezes por lesão corporal e ameaça e tinha pedido medidas protetivas. Testemunhas disseram à polícia ter visto o suspeito com o carro na região desde o dia anterior. O caso foi registrado como homicídio e tentativa de feminicídio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Getam apreende droga abandonada em calçada
Dourados

Getam apreende droga abandonada em calçada

04/08/2020 14:03
Getam apreende droga abandonada em calçada
Polícia Ambiental recolhe filhote de jacaré abandonado por adolescentes
Campo Grande

Polícia Ambiental recolhe filhote de jacaré abandonado por adolescentes

04/08/2020 12:32
Polícia Ambiental recolhe filhote de jacaré abandonado por adolescentes
Homem que atropelou ciclista e fugiu acaba preso pela GM em Dourados
TRÂNSITO

Homem que atropelou ciclista e fugiu acaba preso pela GM em Dourados

04/08/2020 10:04
Homem que atropelou ciclista e fugiu acaba preso pela GM em Dourados
Casal com 3 filhos são flagrados com mais de 100kg de droga em carro
Coxim

Casal com 3 filhos são flagrados com mais de 100kg de droga em carro

04/08/2020 09:33
Casal com 3 filhos são flagrados com mais de 100kg de droga em carro
Travesti que roubou motorista de aplicativo é presa
Dourados

Travesti que roubou motorista de aplicativo é presa

04/08/2020 09:06
Travesti que roubou motorista de aplicativo é presa
Últimas Notícias