Dourados – MS sábado, 18 de setembro de 2021
Dourados
38º max
22º min
Policia

Justiça liberta professor acusado de pedofilia em Dourados

17 Jul 2011 - 22h50
Maurício Rasslan, advogado de defesa do professor quer truncamento de processo
Foto: Hédio Fazan 
 - Maurício Rasslan, advogado de defesa do professor quer truncamento de processo Foto: Hédio Fazan -
Valéria Araújo


A juíza da 1ª Vara Criminal de Dourados Dileta Terezinha de Souza Thomaz, concedeu liberdade provisória ao professor de 36 anos, acusado de filmar e fotografar alunas e a enteada nuas. O crime foi denunciado pela esposa, que entregou à Polícia Civil um pen drive contendo as imagens pornográficas, no dia 13 de março.

De acordo com o advogado Maurício Rasslan, vários são os argumentos apresentados pela defesa. O primeiro é o fato de que a perícia no computador mostrou que não existia MNS do professor. “ Somente a mãe e a filha usavam o recurso de mensagens instantâneas”, destaca.
Maurício destaca que sobre o pen drave, ficou comprovado que tudo o que o professor argumentou em defesa estava correto. “Ele não mentiu em momento algum”, disse.

Outro fato apontado pela defesa é que todas as pessoas envolvidas no processo já tinham sido ouvidas. “Diretores, ex-mulher, o pipoca e o primo de 15 anos da menina; todos derm suas versões. A delegada Francielli Candotti e uma agente de polícia foram testemunhas de defesa. Não havia motivos para deixar o acusado preso, tendo em vista que não há como interferir no andamento das investigações”, destaca.

Segundo Rasslan por causa disso, ele ingressou com pedido de relaxamento de prisão. O Ministério Público Estadual se manifestou pela manutenção da prisão, mas a juíza decidiu aceitar o pedido da defesa. Entretanto, a Justiça determinou algumas medidas que devem reger a liberdade do suspeito. Ele deverá comparecer em juízo mensalmente até a sentença e deverá ficar em casa durante a noite e nos dias de folga.

O professor também fica proibido de freqüentar bares, lanchonetes e boates e não poderá se aproximar da esposa e da enteada e tampouco comunicar-se com elas. A distância determinada é de 300 metros. O suspeito também se compro-mete a comparecer em todos os atos do processo e não poderá mudar de residência sem comunicar a Justiça ou sair do município de Dourados.
A defesa também ingressou com pedido de trancamento da ação. A medida tem como objetivo parar o processo e rei-nicia-lo em todas as fases. De acordo com Maurício, há falhas na condução do processo e que precisam ser corrigidas parase alcançar a justiça e a verdade dos fatos.

#####PEDOFILIA
A esposa do professor contou que fingiu estar dormindo quando ele chegou em casa no dia 12 de março e viu o marido esconder o pen drive em cima do guarda roupa. Quando ele dormiu, recolheu o objeto e constatou o material pornográfi-co. Entre as adolescentes que apareciam estava a filha dela, atualmente com 12 anos e outras imagens.

Não foi, de acordo com a denunciante, a primeira vez que flagrou o esposo com material pornográfico. Entre os anos de 2004 e 2005, ela encontrou imagens de uma prima do suspeito nua. Em outra ocasião, segundo ela, achou uma mala contendo lingeries e mais cenas de sexo.

O professor foi indiciado por adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornografia envolvendo criança ou adolescente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com drogas e revólver pela Guarda Municipal
Dourados

Homem é preso com drogas e revólver pela Guarda Municipal

17/09/2021 14:15
Homem é preso com drogas e revólver pela Guarda Municipal
Traficante tenta fugir, mas acaba preso pela Guarda Municipal
Dourados

Traficante tenta fugir, mas acaba preso pela Guarda Municipal

16/09/2021 13:30
Traficante tenta fugir, mas acaba preso pela Guarda Municipal
Sete são presos pelo Defron durante Operação 'Branca Pura'
Polícia

Sete são presos pelo Defron durante Operação 'Branca Pura'

16/09/2021 11:00
Sete são presos pelo Defron durante Operação 'Branca Pura'
DOF apreende veículos carregados com mais de 1,6 toneladas de maconha
Polícia

DOF apreende veículos carregados com mais de 1,6 toneladas de maconha

15/09/2021 14:30
DOF apreende veículos carregados com mais de 1,6 toneladas de maconha
Golpista se passa por gerente de banco e faz vítima perder R$ 120 mil ao fingir ajudá-lo a desbloquear cartão em MS
Campo Grande

Golpista se passa por gerente de banco e faz vítima perder R$ 120 mil ao fingir ajudá-lo a desbloquear cartão em MS

15/09/2021 10:30
Golpista se passa por gerente de banco e faz vítima perder R$ 120 mil ao fingir ajudá-lo a desbloquear cartão em MS
Últimas Notícias