Dourados – MS domingo, 07 de março de 2021
Dourados
33º max
23º min
Influx
Policia

Juiz afirma que legislação favorece o crime

04 Mar 2016 - 08h46
Juiz federal Odilon de Oliveira participou do evento em Campo Grande. - Crédito: Foto: Elvio LopesJuiz federal Odilon de Oliveira participou do evento em Campo Grande. - Crédito: Foto: Elvio Lopes
O juiz federal Odilon de Oliveira, ao participar, na manhã de ontem, de um dos painéis sobre o Dia Nacional de Combate do Contrabando, ocorrido no auditório da Receita Federal, em Campo Grande, afirmou que a legislação brasileira beneficia o contrabandista, quando aplica ao mesmo infrator que transporta 10 carretas de produtos contrabandeados, pena inferior a um ladrão que furtou um aparelho de TV de uma residência. No descaminho, segundo Odilon, a situação é pior, por levar o julgador e ter que liberar o infrator em razão da pena máxima ser inferior a quatro anos de prisão.


Odilon explicou que, quando o inquérito chega à Justiça Federal, sofre intervenções por conta da burocracia e, se levado a julgamento, demora muito tempo, beneficiando o réu. "A nossa legislação é um instrumento de resistência ao combate ao contrabando e no Brasil, o Congresso Nacional tem que abrir os olhos para suas consequências, como riscos à saúde, danos ao meio ambiente e menos empregos", afirmou.


Ele defendeu uma tabela progressiva de pena, com implicações para crime de natureza econômica e a criação de uma legislação forte, para aplicar medidas duras contra os contrabandistas. "Do jeito que está, a legislação brasileira incentiva o crime", destacou Odilon.


O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Silvio Cesar Maluf também participou do mesmo painel e afirmou que o contrabando se transformou em "um crime amigo" na fronteira, por envolver grande parte da população e enfatizou que, se não mudar a legislação, as autoridades não conseguirão combater esse tipo de crime com eficácia. "Se não mudar a legislação, não vamos conseguir vencer essa luta", afirmou.


Ele lembrou que, da época do contrabando do café e açúcar – nas décadas de 50 a 70 – a estrutura para o contrabando de cigarros e importados ficou pronta, com um ambiente extremamente fértil e destacou que o Mato Grosso do Sul é apenas um estado de passagem dos produtos ilícitos para outros estados. "Essas dezenas de carretas não têm consumidores no MS, vão para outros estados que também devem combater o contrabando e ficamos com o estigma pelo grande volume de apreensões que realizamos", enfatizou.


Segundo Silvio Maluf, no MS, Paraná e Mato Grosso, existem órgãos policiais que atuam no combate ao contrabando e tráfico de drogas na fronteira, mas que os outros estados destinatários deveriam também fiscalizar suas rodovias, a partir dos pontos de entrada, por balsa, ou rodovias secundárias e contribuir para maior eficácia no combate a esse tipo de crime.


O procurador da República Silvio Pettengil Neto afirmou que o Poder Judiciário não tem musculatura para julgar os processos de contrabando, que tratam de motoristas, caminhoneiros e destacou que a legislação brasileira deixa o Ministério Público Federal (MPF) e a Justiça Federal engessados. "É preciso distinguir penas proporcionais para autuação centrada nos casos de maior monta, porque os contrabandistas conhecem a fragilidade de nossa legislação", afirmou.


Também participaram dos painéis o general de Exército Paulo Humberto Cesar de Oliveira, comandante Militar do Oeste; o inspetor da Polícia Rodoviária Federal Márcio Ferreira Leite; o superintendente da Polícia Federal no Estado, Ricardo Cubas Cesar; o promotor de Justiça do MPMS, Ricardo Rotundo e representante do Tribunal de Contas da União (TCU).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência
Política

Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência

04/03/2021 12:30
Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência
Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante
Polícia

Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante

04/03/2021 10:12
Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante
PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento
Polícia

PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento

04/03/2021 09:56
PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento
Proposta isenta de taxas o veículo recuperado pela polícia após furto
Política

Proposta isenta de taxas o veículo recuperado pela polícia após furto

03/03/2021 16:00
Proposta isenta de taxas o veículo recuperado pela polícia após furto
Comissão de Orçamento aprova relatório com previsão de R$ 1,595 tri
Política

Comissão de Orçamento aprova relatório com previsão de R$ 1,595 tri

03/03/2021 15:30
Comissão de Orçamento aprova relatório com previsão de R$ 1,595 tri
Últimas Notícias