Dourados – MS sábado, 27 de fevereiro de 2021
Dourados
36º max
25º min
Influx
Dourados

Garagista que matou travesti após encontro sexual pega 16 anos de prisão

06 Mai 2016 - 19h05
Garagista foi encaminhado por policiais até o 1º DP. - Garagista foi encaminhado por policiais até o 1º DP. -
Marlon Lucas, de 23 anos, acusado de assassinar Israel Pereira Alcântara, 25 anos, travesti conhecida como ‘Érica’ em julho do ano passado foi condenado a 16 anos e seis meses de prisão em regime fechado. A decisão foi tomada ontem em julgamento realizado no Fórum de Dourados.
Pelo homicídio, Marlon foi condenado a 13 anos e seis meses, com mais três anos de reclusão e 10 dias multa à razão unitária de 5/30 do salário mínimo vigente pelo porte ilegal de arma de fogo.
De acordo com a sentença proferida pelo juiz César de Souza Lima, presidente do Tribunal do Juri, a vítima, no caso a travesti, não teria dado motivos para o assassinato, se agravando mais ainda porque os disparos foram cometidos após a vítima caída.
"O réu é primário e não registra antecedentes nestes autos (...), culpabilidade acentuada com vários disparos, inclusive após a vítima caída em alta reprovabilidade; motivos já analisados na qualificadora, circunstâncias ruins, com duas qualificadoras no homicídio (...) a vítima não contribuiu para o evento".
Ainda conforme o juiz, mesmo Marlon sendo réu primário, sem o cumprimento de 2/5 da pena aplicada – o rapaz está há menos de um ano preso – foi impossível a detração e regime mais brando, pedida pelos advogados.

### Caso
O crime ocorreu na rua Inglaterra, Jardim Europa, região Norte do município na npite madrugada do dia 17. De acordo com as informações apuradas na época, o rapaz efetuou três disparos contra a vítima.
Conforme relato de Marlon à polícia, por volta da 0h, ele seguia numa VW Amarok, placas de Ponta Porã e teria estacionado a caminhonete na rua Toshinobu Katayama, próximo ao cruzamento com a avenida Marcelino Pires para mexer no celular.
Logo depois, segundo ele, a vítima passou. Marlon então a chamou, conversou e a colocou no veículo. Já próximo ao local do crime, ainda conforme depoimento, o suspeito percebeu que se tratava de travesti, parou e teria pedido para que descesse da caminhonete. Diante da negativa, o rapaz disse que a vítima o segurou pelo pescoço e tirou a chave do contato.
Armado com um revólver 357, ele efetuou um disparo que atingiu as costas da vítima. Após a ação, atirou mais duas vezes, acertando o peito e o rosto.
O fato ocorreu na frente da residência de um guarda municipal que ouviu o barulho e saiu, encontrando o corpo e o suspeito. O proprietário da casa ordenou que Marlon largasse a arma e deu voz de prisão a ele.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cresce índice de clonagem de WhatsApp em Dourados
GOLPE DO CELULAR

Cresce índice de clonagem de WhatsApp em Dourados

26/02/2021 17:29
Cresce índice de clonagem de WhatsApp em Dourados
Quatro são presos na Operação Big Fish em Dourados
Polícia

Quatro são presos na Operação Big Fish em Dourados

26/02/2021 10:55
Quatro são presos na Operação Big Fish em Dourados
Polícia Civil desmantela associação criminosa que mantinha entreposto de entorpecentes em Caarapó
Polícia

Polícia Civil desmantela associação criminosa que mantinha entreposto de entorpecentes em Caarapó

25/02/2021 08:48
Polícia Civil desmantela associação criminosa que mantinha entreposto de entorpecentes em Caarapó
PMA captura cascavel de cerca de 1,5 metro dentro de residência em Mundo Novo
Polícia

PMA captura cascavel de cerca de 1,5 metro dentro de residência em Mundo Novo

24/02/2021 14:24
PMA captura cascavel de cerca de 1,5 metro dentro de residência em Mundo Novo
DOF apreende veículo com mais de 2 mil litros de herbicida
Polícia

DOF apreende veículo com mais de 2 mil litros de herbicida

24/02/2021 10:55
DOF apreende veículo com mais de 2 mil litros de herbicida
Últimas Notícias