Dourados – MS quarta, 24 de julho de 2024
20º
Policia

Forças policiais destacam redução em homicídios

26 Fev 2016 - 08h45Por Do Progresso
Operações policiais nas ruas têm contribuído para a redução da criminalidade, segundo as forças policiais na cidade de Dourados. - Crédito: Foto: Cido Costa/ArquivoOperações policiais nas ruas têm contribuído para a redução da criminalidade, segundo as forças policiais na cidade de Dourados. - Crédito: Foto: Cido Costa/Arquivo
De 1 de janeiro a 25 de fevereiro de 2016, a cidade de Dourados registrou 7 homicídios dolosos. Em relação a 2015, a redução é de 50%, número representativo e comemorado pelos representantes das principais forças de segurança da cidade. Tanto o titular da Delegacia Regional, delegado Lupersio Degerone, quanto o comandante do 3° Batalhão de Polícia Militar de Dourados, coronel Carlos Silva, ressaltaram a gama de fatores que contribuíram para o número positivo.


Os dados fornecidos pela Delegacia Regional também apontam que o número geral de 2015, em relação a 2014, já apresentou redução nos registros assassinatos de 73 para 61. “Podemos ver que em 2016 esta reduzindo mais ainda e esperamos que continue”, disse o delegado Lupersio Degerone.


“Isto é fruto da continuação da prioridade da polícia em combater esse tipo de crime. Temos alto índice de elucidação, um Judiciário que vem agindo firme, como a realização de mais júris e a Polícia Militar aumentando as abordagens nas ruas, nos bairros, inibindo quem está armado”, continuou.


O delegado ressaltou ainda que em 2015, aproximadamente 65% dos crimes de homicídio doloso foram elucidados. “Neste ano, dos sete ocorridos, três foram esclarecidos. Esperamos aumentar já que o ano está no começo ainda”, pontuou Degerone.


Citada pelo delegado como uma das responsáveis pelos bons números, a Polícia Militar, através do comandante Carlos Silva, também deu parecer e reforçou o coro da unidade de forças. “A avaliação tem vários fatores. Um deles é o trabalho conjunto das forças de segurança no combate à criminalidade”, disse. “Outro é o empenho de nossos policiais nas ruas. Temos ainda o ‘fator clima’ que interfere na ingestão de bebida alcoólica. O trabalho de conscientização efetuado pelos órgãos de imprensa de Dourados. As ações nas aldeias. Todos estes fatores podem ter contribuído. Mas o que posso dizer é que estamos batalhando. A guerra é diária e com o apoio da população podemos manter os índices”, disse o coronel.


Em relação ao ‘fator clima’ citado por Carlos Silva, a explicação está no fato de que, teoricamente, com muitas chuvas nos primeiros meses do ano, o fluxo de pessoas nas ruas e ingerindo bebida diminua, o que pode contribuir para a diminuição de conflitos. “Diminui ingestão de bebidas alcoólicas. O fato é que quando se trata de Segurança Pública precisamos avaliar como uma ciência. Todos os fatores são considerados”, explicou.


O coronel ressaltou a importância da divulgação de ações também pela imprensa. “Principalmente quando [os textos] conscientiza, a população dos cuidados necessários com a segurança. Mas também quando divulga os crimes e o ‘modus operandi’ dos delinquentes, ou as ações positivas e negativas dos órgãos de segurança”, disse, lembrando que publicações positivas “levam temor a criminalidade e trazem confiança à população que passa a confiar e denunciar” e as negativas “forçam os órgãos a melhorar o atendimento e rever atitudes e operacionalidade”.


O comandante do 3° BPM disse ainda que ainda é necessário a atacar outros indicadores, principalmente, os de furtos de veículos e também os roubos. “Para tudo isso, a população pode contribuir positivamente”, finalizou Carlos Silva.


Qualquer denúncia pode ser feita pelo 190 ou o telefone 3411 8080, do Serviço de Investigações Gerais (SIG), da Polícia Civil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Juiz concede prazo de cinco dias para indígenas desocuparem sítio
Justiça

Juiz concede prazo de cinco dias para indígenas desocuparem sítio

24/07/2024 19:30
Juiz concede prazo de cinco dias para indígenas desocuparem sítio
Mulher teria matado oficial de Justiça após venda de caminhonete
Dourados

Mulher teria matado oficial de Justiça após venda de caminhonete

24/07/2024 16:30
Mulher teria matado oficial de Justiça após venda de caminhonete
Mulher mata marido com golpe de facão no peito em MS e está foragida
Amambai

Mulher mata marido com golpe de facão no peito em MS e está foragida

24/07/2024 15:45
Mulher mata marido com golpe de facão no peito em MS e está foragida
Motorista de pick-up morre ao bater de frente com carreta
Laguna Carapã

Motorista de pick-up morre ao bater de frente com carreta

24/07/2024 15:18
Motorista de pick-up morre ao bater de frente com carreta
Veículos com produtos ilegais são apreendidos pelo DOF
Ponta Porã

Veículos com produtos ilegais são apreendidos pelo DOF

24/07/2024 13:30
Veículos com produtos ilegais são apreendidos pelo DOF
Últimas Notícias