Dourados – MS domingo, 12 de julho de 2020
Dourados
32º max
17º min
Policia

Ex-marido é indiciado por tentativa

18 Abr 2011 - 22h25
Momento em que Glauce foi levada para o HE
Foto: Sidnei Lemos - Bronka - Momento em que Glauce foi levada para o HE Foto: Sidnei Lemos - Bronka -
DOURADOS – Adriano Gomes de Castro, 23 anos, acusado de agredir e quase matar a ex-esposa, Glauce Maiara Dias Munhoz, 19 anos, na madrugada de sábado em Itaporã, se apresentou ontem à tarde a Polícia Civil da cidade e confessou a autoria do crime. Ele foi indiciado pelo delegado Winston Ramão Albre Garcia.

Na versão do acusado, ele encontrou a ex-mulher na festa e a chamou para conversar perto da Apae. Ele teria proposto para os dois manterem um namoro escondido da mãe dela. Ela teria dito a ele “vai na frente para a festa que eu vou atras”. Desconfiado, ele teria voltado e flagrado Glauce com um motoqueiro. Para se virgar, ele teria pego uma pedra de pelo menos 5 quilos para jogar contra o motoqueiro, no entanto, como não acertou, tendo em vista que o rapaz deixou o local rapidamente, resolveu atingir a mulher.

Segundo a versão dele, foram duas pedradas no rosto de Glauce, suficiente para desfigurar o rosto dela. Ao ver a mulher desacordada, Adriano teria a levado para um terreno baldio. Ao se despedir da mulher, ele diz ter dado um beijo no rosto de Glauce, como forma de pedir desculpas.
Deixando o local, Adriano diz ter telefonado para a polícia avisando de um suposto corpo no matagal perto da Apae.

Depois de praticar o crime Adriano ficou foragido e só hoje compareceu a policia.

A versão de Adriano não é muito diferente das testemunhas, que dizem tê-lo visto retirando Glauce da festa para conversar fora do local, perto da Apae. Na versão das testemunhas, elas teriam visto Adriano agredindo Glauce.

A polícia só localizou Glauce na manhã seguinte depois de uma denúncia anônima revelando que havia um corpo num terreno baldio. Ao verificar a informação, a polícia encontro Glauce ainda viva, mas completamente machucada, principalmente na cabeça onde houve afundamento do crânio e sérias lesões, provocada pela pedrada.

Inicialmente ela foi conduzida ao Hospital de Itaporã, mas foi transferida em estado grave para o Hospital da Vida e logo após para a UTI do Hospital Evangélico.

Ontem, o estado de saúde de Glauce ainda era muito grave.
A família de Glauce pede punição de Adriano e diz que a Glauce já sofria agressões do ex-marido e por isso, ela teria o deixado. Segundo a Polícia, Adriano já teria passagem pela policia. (Informações Sidnei Lemos – Bronka).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Senadores questionam saidões de presos na pandemia, e projetos mudam regras
Nacional

Senadores questionam saidões de presos na pandemia, e projetos mudam regras

12/07/2020 14:09
Senadores questionam saidões de presos na pandemia, e projetos mudam regras
Veículo abandonado com 400 quilos de maconha é apreendido em Dourados
POLÍCIA

Veículo abandonado com 400 quilos de maconha é apreendido em Dourados

11/07/2020 13:02
Veículo abandonado com 400 quilos de maconha é apreendido em Dourados
Trator furtado é recuperado na região pantaneira
POLÍCIA

Trator furtado é recuperado na região pantaneira

11/07/2020 10:41
Trator furtado é recuperado na região pantaneira
Polícia prende dupla que escondia mais de 300 kg de maconha em residência
CAPITAL

Polícia prende dupla que escondia mais de 300 kg de maconha em residência

11/07/2020 09:38
Polícia prende dupla que escondia mais de 300 kg de maconha em residência
Lavagem de Dinheiro

Operação prende empresários ligados ao MBL por lavagem de dinheiro

10/07/2020 13:36
Últimas Notícias