Dourados – MS terça, 19 de outubro de 2021
Dourados
30º max
15º min
Policia

Ex-marido é indiciado por tentativa

18 Abr 2011 - 22h25
Momento em que Glauce foi levada para o HE
Foto: Sidnei Lemos - Bronka - Momento em que Glauce foi levada para o HE Foto: Sidnei Lemos - Bronka -
DOURADOS – Adriano Gomes de Castro, 23 anos, acusado de agredir e quase matar a ex-esposa, Glauce Maiara Dias Munhoz, 19 anos, na madrugada de sábado em Itaporã, se apresentou ontem à tarde a Polícia Civil da cidade e confessou a autoria do crime. Ele foi indiciado pelo delegado Winston Ramão Albre Garcia.

Na versão do acusado, ele encontrou a ex-mulher na festa e a chamou para conversar perto da Apae. Ele teria proposto para os dois manterem um namoro escondido da mãe dela. Ela teria dito a ele “vai na frente para a festa que eu vou atras”. Desconfiado, ele teria voltado e flagrado Glauce com um motoqueiro. Para se virgar, ele teria pego uma pedra de pelo menos 5 quilos para jogar contra o motoqueiro, no entanto, como não acertou, tendo em vista que o rapaz deixou o local rapidamente, resolveu atingir a mulher.

Segundo a versão dele, foram duas pedradas no rosto de Glauce, suficiente para desfigurar o rosto dela. Ao ver a mulher desacordada, Adriano teria a levado para um terreno baldio. Ao se despedir da mulher, ele diz ter dado um beijo no rosto de Glauce, como forma de pedir desculpas.
Deixando o local, Adriano diz ter telefonado para a polícia avisando de um suposto corpo no matagal perto da Apae.

Depois de praticar o crime Adriano ficou foragido e só hoje compareceu a policia.

A versão de Adriano não é muito diferente das testemunhas, que dizem tê-lo visto retirando Glauce da festa para conversar fora do local, perto da Apae. Na versão das testemunhas, elas teriam visto Adriano agredindo Glauce.

A polícia só localizou Glauce na manhã seguinte depois de uma denúncia anônima revelando que havia um corpo num terreno baldio. Ao verificar a informação, a polícia encontro Glauce ainda viva, mas completamente machucada, principalmente na cabeça onde houve afundamento do crânio e sérias lesões, provocada pela pedrada.

Inicialmente ela foi conduzida ao Hospital de Itaporã, mas foi transferida em estado grave para o Hospital da Vida e logo após para a UTI do Hospital Evangélico.

Ontem, o estado de saúde de Glauce ainda era muito grave.
A família de Glauce pede punição de Adriano e diz que a Glauce já sofria agressões do ex-marido e por isso, ela teria o deixado. Segundo a Polícia, Adriano já teria passagem pela policia. (Informações Sidnei Lemos – Bronka).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia

Operação Vetus 2 investiga crimes contra idosos

15/10/2021 11:30
Jovem vai preso em Dourados após morte cruel de cachorro
Dourados

Jovem vai preso em Dourados após morte cruel de cachorro

13/10/2021 10:30
Jovem vai preso em Dourados após morte cruel de cachorro
Estudante de medicina brasileira é a 5ª vítima de atentado em Pedro Juan Caballero
fronteira

Estudante de medicina brasileira é a 5ª vítima de atentado em Pedro Juan Caballero

12/10/2021 10:05
Estudante de medicina brasileira é a 5ª vítima de atentado em Pedro Juan Caballero
Caçadores são presos com animais abatidos e aves em cativeiro
meio ambiente

Caçadores são presos com animais abatidos e aves em cativeiro

12/10/2021 09:40
Caçadores são presos com animais abatidos e aves em cativeiro
Veículo estrangeiro irregular é apreendido por agentes de trânsito da PM
Dourados

Veículo estrangeiro irregular é apreendido por agentes de trânsito da PM

12/10/2021 08:53
Veículo estrangeiro irregular é apreendido por agentes de trânsito da PM
Últimas Notícias