Dourados – MS sábado, 17 de agosto de 2019
Mesadetalhe
Mesadetalhe
Polícia

Dupla confessa homicídios e estupro na presença do filho das vítimas

10 Jun 2019 - 10h38Por Redação
Dupla foi presa no sábado e apresentada pela polícia nesta segunda - Crédito: Cido CostaDupla foi presa no sábado e apresentada pela polícia nesta segunda - Crédito: Cido Costa

Os dois autores do crime brutal contra o casal indígena Osvaldo Ferreira, de 38 anos, e Rosilene Rosa, de 34 anos, mortos na sexta-feira na Aldeia Bororó, foram apresentados nesta segunda-feira (10) pelo Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil de Dourados. Segundo o delegado do SIG, Rodolfo Daltro, eles demonstraram frieza nos detalhes dos fatos e revelaram terem cometido os crimes na presença do filho do casal por “queima de arquivo”.

O crime foi denunciado à polícia depois que o filho do casal avisou a professora na escola e ela acionou as lideranças indígenas para saber do ocorrido. Cerca de 24 horas depois, as mesmas lideranças encontraram os acusados e avisaram a polícia que realizou a prisão no sábado, mas somente nesta segunda-feira foram apresentados os fatos à imprensa.

De acordo com o delegado, Gelso de Oliveira Arevalo, de 38 anos, e Geovane da Silva Vasques, de 18, confessaram o duplo homicídio e o estupro a mulher. Gelso disse que premeditou a morte de Osvaldo por desconfiar que a vítima teria visto ele matar Felismar Benitez Ortiz, de 28 anos, no dia 1º, em um local próximo. O corpo de Felismar apresentava sinais de golpes de madeira no rosto e na cabeça e foi encontrado boiando às margens de lago, que fica aos fundos da reserva, no dia seguinte.

“Quando fomos investigar a cena do crime, observamos que era muito próximo de onde ocorreu o crime de Felismar e surgiu a hipótese de Osvaldo ter visualizado o autor [do assassinato] e ter sido morto em uma queima de arquivo”, relatou Rodolfo Daltro que ainda contou que ambos ainda estupraram a mulher antes de matarem.

O delegado se mostrou surpreso com a frieza da dupla que teria cometido os crimes na frente do filho das vítimas de apenas 9 anos. A criança teria conseguido fugir no momento que a mãe estava sendo morta. Ainda segundo Daltro, o menor está em estado de choque.

“Perguntamos aos autores se a intenção era também de matar a criança e eles responderam, com extrema frieza, que iam ver o que fazer com ela”, relatou o delegado.

Gelso já estava foragido da justiça pela prática de roubo e dessa vez, ao lado de Geovanne foram autuados em flagrante pela prática de homicídio qualificado e estupro, sendo representado pela decretação da Prisão Preventiva de ambos. Gelso também foi indiciado pela prática do homicídio qualificado contra Felismar Benites.

 

Fonte: SIG

Deixe seu Comentário

Leia Também

PRF determina suspensão e recolhimento de radares móveis
Polícia

PRF determina suspensão e recolhimento de radares móveis

15/08/2019 18:46
PRF determina suspensão e recolhimento de radares móveis
Guarda Municipal alerta para os acidentes envolvendo cerol nas linhas de pipa
Polícia

Guarda Municipal alerta para os acidentes envolvendo cerol nas linhas de pipa

13/08/2019 14:22
Guarda Municipal alerta para os acidentes envolvendo cerol nas linhas de pipa
Guarda Municipal de Dourados realiza ciclo de palestras em escolas
Polícia

Guarda Municipal de Dourados realiza ciclo de palestras em escolas

13/08/2019 06:00
Guarda Municipal de Dourados realiza ciclo de palestras em escolas
PRF realiza leilão de veículos apreendidos
Polícia

PRF realiza leilão de veículos apreendidos

07/08/2019 16:12
PRF realiza leilão de veículos apreendidos
Veículo é apreendido com centenas de equipamentos eletrônicos do Paraguai
Polícia

Veículo é apreendido com centenas de equipamentos eletrônicos do Paraguai

06/08/2019 12:00
Veículo é apreendido com centenas de equipamentos eletrônicos do Paraguai
Últimas Notícias