Dourados – MS sexta, 05 de março de 2021
Dourados
30º max
21º min
Cassems
Policia

Dourados tem redução em índices de crimes

06 Jan 2016 - 09h45
Delegado regional de Dourados, Lupersio Degerone, falou sobre os dados estatísticos de 2015. - Crédito: Foto: Hedio FazanDelegado regional de Dourados, Lupersio Degerone, falou sobre os dados estatísticos de 2015. - Crédito: Foto: Hedio Fazan
A cidade de Dourados tem mais uma vez o que comemorar em relação aos principais índices de criminalidade registrados no município divulgados ontem com exclusividade ao jornal O PROGRESSO. Dos 12 principais crimes listados pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), a segunda maior cidade do MS conseguiu redução em 10 e, entre estes, estão roubo, homicídio doloso e latrocínio.


O delegado regional Lupersio Degerone forneceu os dados referentes ao período compreendido entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de 2015. Roubos em geral tiveram 618 ocorrências registradas em 2015, contra 705 casos no ano de 2014. Dentro desta subdivisão estão os roubos a comércio, a veículos, residências, em vias públicas, entre outros.


Segundo Degerone, os roubos em via pública trazidos ao senso comum como assaltos foram 478 no ano passado. Em 2014 eram 509.


“Em específico aos roubos, vale ressaltar que os índices de elucidação tiveram os mais altos índices em comparação às 5 maiores cidades do Estado.


Em relação aos homicídios, Dourados teve 61 ocorrências em 2015, pelo menos doze a menos que nos registros de 2014, quando foram assassinadas 73 pessoas na cidade.


“Nestes casos, acreditamos que a conclusão da investigação e encaminhamento ao Ministério Público e Justiça cessa, de certa forma a impunidade, e reflete na diminuição de índices”, disse.


O trabalho conjunto entre Polícia Civil e Polícia Militar também foi ressaltado pelo delegado regional. Segundo ele, a queda nos índices de criminalidade foi um reflexo deste trabalho. “Aliado a isto tivemos ainda a atuação do conselho de segurança, que reúne outras forças da esfera da segurança pública, e que foi fundamental”, explicou Degerone.


O Núcleo Regional de Inteligência (NRI) também foi colocado como responsável por melhores índices, segundo o delegado, mas, sobretudo, como outra conquista da Regional em 2015.


Regional


Segundo o delegado regional, 2015 também pode ser considerado altamente produtivo em relação ao trabalho da Delegacia Regional, que aumentou a produtividade, concluindo 5549 inquéritos no ano, 600 a mais que em 2014. “Esta produtividade da delegacia foi ímpar e contemplou as cidades da região que compõem nossa Regional, mas também contribuiu em outras jurisdições”, disse o delegado. Segundo Degerone, tudo fruto de uma ação planejada e estratégica junto às delegacias subordinadas.

2016


Se 2015 obteve bons índices o ano de 2016 tem as melhores perspectivas em relação ao trabalho da polícia, segundo Degerone. E é justamente uma conquista do ano passado que impulsiona este sentimento positivo.
“Tivemos a lotação em Dourados de 14 novos investigadores no mês de dezembro. Isso representa um número histórico para a Polícia Civil na cidade. Nunca recebemos tanta gente vinda de um concurso de uma só vez”, comemorou o delegado. Segundo ele, a diminuição considerável do déficit nas delegacias deve possibilitar quem vão mais investigadores a campo e que o trabalho seja ainda melhor.


Esta conquista, segundo o delegado, se deve a atuação dos deputados estaduais por Dourados, dos vereadores, mas principalmente ao carinho que têm por Dourados o diretor do Departamento de Policiamento do Interior (DPI), Pedro Espíndola, o diretor-geral de Polícia Civil, Roberval Maurício Cardoso, o superintendente da Sejusp, Antonio Carlos Videira e o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Silvio Maluf.


Em vista disso, como metas, ainda segundo Degerone, está a implantação do Núcleo de Capturas dentro do Serviço de Investigações Gerais (SIG), que cumprirá exclusivamente mandados de prisão pendentes e a colocação em funcionamento da nova e definitiva sede da Delegacia da Mulher, hoje com 70 por cento das obras concluídas.


“Além disso, queremos manter a redução dos principais crimes, principalmente roubos e homicídios e manter a produtividade da Regional, o índice de resolução de crimes entre outros”, finalizou o delegado regional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência
Política

Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência

04/03/2021 12:30
Projeto prevê renda básica durante calamidade pública ou emergência
Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante
Polícia

Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante

04/03/2021 10:12
Polícia Civil prende três indivíduos por receptação em Rio Brilhante
PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento
Polícia

PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento

04/03/2021 09:56
PMA de Mundo Novo resgata lobinho ferido à margem da rodovia BR 163 depois de atropelamento
Proposta isenta de taxas o veículo recuperado pela polícia após furto
Política

Proposta isenta de taxas o veículo recuperado pela polícia após furto

03/03/2021 16:00
Proposta isenta de taxas o veículo recuperado pela polícia após furto
Comissão de Orçamento aprova relatório com previsão de R$ 1,595 tri
Política

Comissão de Orçamento aprova relatório com previsão de R$ 1,595 tri

03/03/2021 15:30
Comissão de Orçamento aprova relatório com previsão de R$ 1,595 tri
Últimas Notícias