Dourados – MS sexta, 16 de abril de 2021
Dourados
34º max
21º min
Influx - Campanha 2021
Policia

Depois de três anos Beira Mar deixa Campo Grande

18 Dez 2010 - 16h13
Beira-Mar foi levado para presídio federal no Paraná
Foto: Campo Grande News
 - Beira-Mar foi levado para presídio federal no Paraná Foto: Campo Grande News -
O narcotraficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, foi transferido neste sábado do presídio federal de Campo Grande para o Paraná.

O embarque ocorreu por volta das 10h30, na Base Aérea da Capital. Beira-Mar viajou em um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) e foi levado para o presídio federal de Catanduvas.

Beira-Mar estava em Campo Grande desde 2007, quando veio transferido do presídio paranaense. Ontem, foi divulgado que a polícia do Rio de Janeiro investiga o conteúdo de uma carta que teria sido enviada por Beira-Mar a aliados cariocas.

No bilhete, segundo policiais, o bandido revela que enviava cocaína para a Europa e que tinha planos de abrir pelo menos três empresas no Rio de Janeiro.

A reportagem do portal R7 informou que a carta ainda traz comentários sobre homicídios de supostos informantes da polícia (X-9) e de cobranças de dívidas. Em outro trecho, o bandido cita que, se os endividados não queriam lhe pagar em dinheiro, tinham que entrar como sócios em pelo menos três empresas que ele pretendia abrir no estado.

Durante a prisão em Campo Grande, a defesa de Beira-Mar teve negado, por diversas vezes, o pedido para que o traficante retornasse ao Rio de Janeiro. Em 2008, ele foi um dos pivôs da Operação X, deflagrada pela PF (Polícia Federal).

O traficante colombiano Juan Carlos Abadia, que também estava preso em Campo Grande, teria revelado ao serviço de inteligência do Depen (Departamento Penitenciário Nacional) que Beira-Mar preparava uma fuga mediante extorsão e sequestro de parentes de autoridades no Legislativo, Executivo e Judiciário. Um dos alvos seria um dos filhos do presidente Lula. Em seguida, Abadia obteve a extradição.

No ano passado, Beira-mar enfrentou júri popular em Campo Grande, acusado de ser o mandante da execução de João Morel, um dos principais traficantes da fronteira de Coronel Sapucaia com o Paraguai. (Fonte: Campo Grande News)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Senado debate adiamento do reajuste de preços de medicamentos
Política

Senado debate adiamento do reajuste de preços de medicamentos

15/04/2021 15:00
Senado debate adiamento do reajuste de preços de medicamentos
Projeto autoriza que fábricas veterinárias produzam vacina contra a covid-19
COVID-19

Projeto autoriza que fábricas veterinárias produzam vacina contra a covid-19

15/04/2021 13:30
Projeto autoriza que fábricas veterinárias produzam vacina contra a covid-19
Polícia Civil incinera 1,2 tonelada de drogas
Naviraí

Polícia Civil incinera 1,2 tonelada de drogas

15/04/2021 09:45
Polícia Civil incinera 1,2 tonelada de drogas
Ambiental de Dourados autua homem em R$ 420 mil por transportar minhocçus
Crime

Ambiental de Dourados autua homem em R$ 420 mil por transportar minhocçus

15/04/2021 09:40
Ambiental de Dourados autua homem em R$ 420 mil por transportar minhocçus
Polícia Civil esclarece homicídio e prende suspeito em flagrante
Eldorado - MS

Polícia Civil esclarece homicídio e prende suspeito em flagrante

15/04/2021 09:15
Polícia Civil esclarece homicídio e prende suspeito em flagrante
Últimas Notícias