Dourados – MS sábado, 31 de outubro de 2020
Dourados
26º max
17º min
Influx
Policia

Depois de três anos Beira Mar deixa Campo Grande

18 Dez 2010 - 16h13
Beira-Mar foi levado para presídio federal no Paraná
Foto: Campo Grande News
 - Beira-Mar foi levado para presídio federal no Paraná Foto: Campo Grande News -
O narcotraficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, foi transferido neste sábado do presídio federal de Campo Grande para o Paraná.

O embarque ocorreu por volta das 10h30, na Base Aérea da Capital. Beira-Mar viajou em um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) e foi levado para o presídio federal de Catanduvas.

Beira-Mar estava em Campo Grande desde 2007, quando veio transferido do presídio paranaense. Ontem, foi divulgado que a polícia do Rio de Janeiro investiga o conteúdo de uma carta que teria sido enviada por Beira-Mar a aliados cariocas.

No bilhete, segundo policiais, o bandido revela que enviava cocaína para a Europa e que tinha planos de abrir pelo menos três empresas no Rio de Janeiro.

A reportagem do portal R7 informou que a carta ainda traz comentários sobre homicídios de supostos informantes da polícia (X-9) e de cobranças de dívidas. Em outro trecho, o bandido cita que, se os endividados não queriam lhe pagar em dinheiro, tinham que entrar como sócios em pelo menos três empresas que ele pretendia abrir no estado.

Durante a prisão em Campo Grande, a defesa de Beira-Mar teve negado, por diversas vezes, o pedido para que o traficante retornasse ao Rio de Janeiro. Em 2008, ele foi um dos pivôs da Operação X, deflagrada pela PF (Polícia Federal).

O traficante colombiano Juan Carlos Abadia, que também estava preso em Campo Grande, teria revelado ao serviço de inteligência do Depen (Departamento Penitenciário Nacional) que Beira-Mar preparava uma fuga mediante extorsão e sequestro de parentes de autoridades no Legislativo, Executivo e Judiciário. Um dos alvos seria um dos filhos do presidente Lula. Em seguida, Abadia obteve a extradição.

No ano passado, Beira-mar enfrentou júri popular em Campo Grande, acusado de ser o mandante da execução de João Morel, um dos principais traficantes da fronteira de Coronel Sapucaia com o Paraguai. (Fonte: Campo Grande News)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em ação conjunta com a Polícia Civil, PRF desmantela quadrilha que transportava veículos para Bolívia
Polícia

Em ação conjunta com a Polícia Civil, PRF desmantela quadrilha que transportava veículos para Bolívia

31/10/2020 09:29
Em ação conjunta com a Polícia Civil, PRF desmantela quadrilha que transportava veículos para Bolívia
Trio é executado com tiros de pistola e calibre 12 na Capital
Polícia

Trio é executado com tiros de pistola e calibre 12 na Capital

31/10/2020 09:08
Trio é executado com tiros de pistola e calibre 12 na Capital
Pai e filho são presos pela morte de um homem de 55 anos
Polícia

Pai e filho são presos pela morte de um homem de 55 anos

31/10/2020 08:11
Pai e filho são presos pela morte de um homem de 55 anos
Em ação conjunta com a Polícia Civil, PRF desmantela quadrilha que transportava veículos para Bolívia
Polícia

Em ação conjunta com a Polícia Civil, PRF desmantela quadrilha que transportava veículos para Bolívia

30/10/2020 14:44
Em ação conjunta com a Polícia Civil, PRF desmantela quadrilha que transportava veículos para Bolívia
Em briga por venda de lote, homem corre atrás de irmã com espingarda
Polícia

Em briga por venda de lote, homem corre atrás de irmã com espingarda

30/10/2020 14:11
Em briga por venda de lote, homem corre atrás de irmã com espingarda
Últimas Notícias