Dourados – MS quarta, 12 de agosto de 2020
Dourados
29º max
18º min
Segurança e Saúde JBS
Polícia

Caso Miguel: ex-patroa diz que "voltaria no tempo"

'Fiz tudo que podia e, se pudesse voltar no tempo, eu voltava', diz Sari sobre morte de Miguel que caiu do 9º andar

06 Jul 2020 - 10h28Por Redação
Montagem com as imagens de Sari Corte Real, edifício Píer Maurício de Nassau e Mirtes Souza - Montagem com as imagens de Sari Corte Real, edifício Píer Maurício de Nassau e Mirtes Souza -

Primeira-dama de Tamandaré e ex-patroa da mãe do menino Miguel, de 5 anos, que morreu ao cair do 9º andar de um edifício, no Centro do Recife, concedeu a primeira entrevista desde o acidente, em 2 de junho. Sari Gaspar Corte Real foi indiciada por abandono de incapaz. 

"Eu sinto que eu fiz tudo que eu podia e, se eu pudesse voltar no tempo, eu voltava. Se eu soubesse que tudo isso ia acontecer, eu voltava e ainda tentava fazer mais do que eu fiz naquela hora", diz Sari sobre o ocorrido em sua entrevista ao Fantástico.

Miguel caiu do 9º andar de um edifício, no Centro do Recife. A mãe dele, Mirtes, o deixou com a ex-patroa para passear com o cachorro da família. Segundo a polícia, a criança saiu do apartamento de Sari para procurar pela mãe e foi até os elevadores do condomínio. Imagens das câmeras de segurança mostram que por pelo menos quatro vezes Sari conseguiu convencer Miguel a sair, mas na quinta tentativa, o menino entrou no elevador de serviço, e a patroa da mãe pareceu apertar o botão da cobertura – esse toque, segundo a perícia, aconteceu. Na sequência, Miguel apertou vários botões e ficou sozinho no elevador, que parou no segundo andar, mas o menino não desceu.

Quando o elevador parou no nono andar, Miguel saiu do elevador e abriu uma porta. Segundo a polícia, ele escalou uma janela, usou a condensadora de ar-condicionado como escada para descer do outro lado e subiu em uma grade: uma das hastes se soltou e ele caiu de uma altura de 35 metros.

Segundo Sari, Miguel teria aberto sozinho a porta do apartamento para ir atrás da mãe. "Ele corre para o elevador, chama o elevador, num instante ele chega. Aí, quando abre a porta, eu digo 'Miguel, você não vai descer, volta pra casa, espera sua mãe'", afirmou a primeira-dama de Tamandaré.

Ela disse, ainda, que não apertou o botão da cobertura no elevador. "Eu só botei a mão, fazendo como se eu fosse acionar. Para ver se eu conseguia convencer ele a sair, se dessa forma ele achasse que ia ficar lá e fosse sair", declarou. E disse, ainda, que não passou pela cabeça dela o risco que o menino, de 5 anos de idade, poderia correr ficando sozinho no elevador.

Diante das afirmações de Sari, Mirtes, mãe de Miguel, afirmou que o menino sequer tinha familiaridade com elevadores. 'Ele não sabia andar de elevador. Nas pouquíssimas vezes que ele andou de elevador, sempre estava acompanhado tanto por mim quanto pela minha mãe', explicou.

A manicure da primeira-dama, que estava no apartamento no momento em que o caso ocorreu, afirmou à polícia, que Sari quis voltar a fazer as unhas depois de tentar convencer o garoto a sair do elevador. No entanto, a primeira-dama afirma que sequer teve tempo de sentar. "Jamais [voltaria a fazer as unhas]. Não, naquela situação não tinha como, não tinha cabimento. Não tinha cabimento um negócio desse", afirmou.

 

Fonte: G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

PF e MPF cumprem mandados contra fraudes no fundo de pensão Postalis
Brasil

PF e MPF cumprem mandados contra fraudes no fundo de pensão Postalis

11/08/2020 16:34
PF e MPF cumprem mandados contra fraudes no fundo de pensão Postalis
Carga com mais de 1.2 tonelada de maconha é apreendida em MS
TRÁFICO

Carga com mais de 1.2 tonelada de maconha é apreendida em MS

11/08/2020 09:36
Carga com mais de 1.2 tonelada de maconha é apreendida em MS
TRÂNSITO

Acusado de atropelar motociclista na BR-163 se apresenta à polícia

11/08/2020 08:35
GM prende homem com materiais furtados de escola
Dourados

GM prende homem com materiais furtados de escola

10/08/2020 14:38
GM prende homem com materiais furtados de escola
Três pessoas são presas em MS com 44 tabletes de cocaína, munições e armas
Capital

Três pessoas são presas em MS com 44 tabletes de cocaína, munições e armas

10/08/2020 13:05
Três pessoas são presas em MS com 44 tabletes de cocaína, munições e armas
Últimas Notícias