Dourados – MS terça, 18 de fevereiro de 2020
Dourados
35º max
23º min
Policia

Câmara empossa 513 eleitos em 2010

02 Fev 2011 - 08h27
Câmara empossa 513 eleitos em 2010 -
BRASÍLIA – Os deputados eleitos em 2010 para o mandato até 2015 tomaram posse na manhã de ontem e prestaram o juramento de defesa da Constituição. O presidente da Câmara, Marco Maia, que dirigiu os trabalhos da posse, ressaltou o papel dos deputados na democracia brasileira e convocou-os a agregar ideias para reduzir as desigualdades sociais, aumentar o desenvolvimento econômico e cuidar dos recursos naturais do País.

\"Aqui tem início a maioria das leis que regulam a vida dos brasileiros. Nosso papel é também dar conhecimento delas para que a população lute por seus direitos e esteja ciente de seus deveres\", disse.

Levantamento realizado pela Agência Câmara de Notícias aponta que 1/3 dos deputados eleitos trabalha nas áreas do Direito, Saúde ou Educação. De acordo com a pesquisa, ao todo 177 parlamentares são profissionais de uma das três áreas. O levantamento utilizou apenas a profissão definida pelo deputado como principal, já que muitos deles cadastraram de duas a cinco profissões.

Dos 513 deputados que tomaram posse ontem, 78 têm formação em Direito. Eles se identificam como advogados (67), bacharéis em Direito (5) e procuradores (3), além de um defensor público, um juiz e um serventuário da Justiça.

O segundo maior grupo na nova Câmara é formado por 50 profissionais da área de Saúde. Ao todo, 41 médicos, seis dentistas, uma enfermeira, um fisioterapeuta e um psicólogo vão ocupar a Câmara.
Outro grupo expressivo será composto pelos profissionais do campo da Educação. A partir de fevereiro serão 49 parlamentares com atuação na área: 46 professores (21 deles universitários) e três pedagogos.

A quarta maior bancada por área de atuação profissional são os empresários. A Câmara contará com 45 deles, sendo que quatro se definem como “industriais”. O alto número de deputados empresários, segundo publicação do Diap intitulada “Radiografia do novo Congresso 2011-2015”, é resultado do fato de que “os agentes econômicos preferiram disputar a eleição para o Legislativo, cuja pauta vai incluir matérias trabalhistas e a reforma tributária, em lugar de enviar meros representantes”.

Agropecuaristas (18) e agrônomos (15) formam juntos uma bancada de profissionais do campo, a quinta maior com 33 representantes. Não se deve, no entanto, confundir esse grupo com a chamada “Bancada Ruralista”, que pode incluir deputados com outras profissões, mas que também têm interesse por temas rurais.

Em seguida vêm a bancada dos administradores, com 30 deputados, e a dos engenheiros, com 29. No caso desta última, eles se subdividem em 16 engenheiros civis, seis eletricistas, três mecânicos, um engenheiro aeronáutico e ainda três deputados eleitos que declararam apenas ser “engenheiros”.

Um grupo expressivo de 29 parlamentares eleitos não informou sua área de atuação. Outros 26 são servidores públicos, 24 são economistas, 20 são comunicadores (sendo cinco jornalistas) e 15, comerciantes.
Entre os menores grupos, existem ainda dez trabalhadores da indústria (dos quais três são metalúrgicos), oito religiosos, sete bancários, seis veterinários e seis profissionais da área de segurança (cinco delegados de polícia e um militar).

ESCOLARIDADE - A maioria dos deputados (383) têm no mínimo o curso superior concluído; 14 deles não concluíram o ensino básico; 88 têm apenas o ensino médio. 16 deputados optaram por não informar sua profissão. Exatos 12% dos deputados que tomaram posse ontem são estreantes na política. Dos 513 empossados, a maioria foi reeleita (288 dos eleitos já eram deputados na data da eleição) ou já teve alguma experiência em cargos eletivos no Executivo ou no Legislativo.

Mas 61 deles, ou 11,9% do total, nunca exerceram qualquer cargo eletivo. Proporcionalmente à quantidade de vagas, é na região Centro-Oeste em que está a maioria dos novatos (17,1%). Já no Sul, apenas 6,5% nunca foram eleitos antes. Essa turma, contudo, não é tão iniciante assim.

Cerca de dois terços deles (40) já tiveram contato direto com a política – são parentes de políticos, já exerceram cargos públicos não eletivos no Executivo ou acumulam essas duas experiências. Quase um terço (19) é de empresários; os religiosos reúnem 11,5% (7) dos novatos ;e os representantes de movimentos sociais, como de organizações não-governamentais, somam 9,8% (6) do total. A soma das categorias ultrapassa os 61 novatos porque alguns deles fazem parte de mais de um grupo.

Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) nunca havia se candidatado e, na primeira tentativa, recebeu mais de 220 mil votos. Ele é irmão de Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), eleito deputado federal por cinco vezes consecutivas e nomeado ministro no último governo.

Segundo Lúcio, o sobrenome foi fundamental para o resultado: “A população já conhece o perfil de atuação da nossa família”. O deputado eleito também garante que o histórico político familiar vai facilitar o exercício do mandato. “Eu já inicio o mandato com amizades no Congresso e conhecimentos sobre o funcionamento da Câmara. Dessa forma, ganho tempo, já que não preciso passar por um período de aprendizagem sobre a burocracia da Casa”, espera.

O exercício de cargos não eletivos também garantiu a boa parte dos novatos contato anterior com a política. É o caso de Zé Silva (PDT-MG), funcionário de carreira da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater – vinculada à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do estado) e presidente da entidade entre 2003 e 2010.

A chefia da empresa pública, segundo Zé Silva, garantiu duas vantagens: capacidade de gestão e notoriedade. A primeira serviu para criar estratégias de campanha, já a segunda assegurou boa parte dos mais de 110 mil votos conquistados logo na primeira candidatura.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista foge e abandona caminhão com 4 bovinos
apreensão do DOF

Motorista foge e abandona caminhão com 4 bovinos

18/02/2020 08:14
Motorista foge e abandona caminhão com 4 bovinos
Caminhonetes de luxo roubadas são abandonadas em área alagada
Mato Grosso do Sul

Caminhonetes de luxo roubadas são abandonadas em área alagada

18/02/2020 08:12
Caminhonetes de luxo roubadas são abandonadas em área alagada
Veículo roubado em SP é recuperada pelo DOF com mais de 80 kg de maconha
Amambai

Veículo roubado em SP é recuperada pelo DOF com mais de 80 kg de maconha

17/02/2020 11:25
Veículo roubado em SP é recuperada pelo DOF com mais de 80 kg de maconha
Mulher é amarrada por bandido e tem casa roubada
Dourados

Mulher é amarrada por bandido e tem casa roubada

17/02/2020 07:51
Mulher é amarrada por bandido e tem casa roubada
Motorista coloca arma na cabeça de mãe e filha e rouba bolsa
Dourados

Motorista coloca arma na cabeça de mãe e filha e rouba bolsa

17/02/2020 07:39
Motorista coloca arma na cabeça de mãe e filha e rouba bolsa
Últimas Notícias