Dourados – MS quinta, 17 de junho de 2021
Dourados
21º max
15º min
Atentado

Autoridades acreditam que facção agiu em execução

17 Jun 2016 - 06h00
Metralhadora antiaérea foi encontrada em veículo utilizado para matar o empresário na noite de quarta. - Crédito: Foto: ABC ColorMetralhadora antiaérea foi encontrada em veículo utilizado para matar o empresário na noite de quarta. - Crédito: Foto: ABC Color
O dia seguinte à execução do empresário de Pedro Juan Caballero Jorge Rafaat, 55, - efetuada com armamento pesado e atiradores nas ruas da fronteira - foi de investigações da Polícia Nacional Paraguaia no intuito de elucidar o crime. As primeiras informações repassadas ao jornal paraguaio ABC Color, dão conta de linhas de investigação que levam a crer sobre o envolvimento de alguma facção criminosa brasileira na execução.


Segundo promotor paraguaio Justiniano Cardozo disse ao ABC Color, o crime pode ter sido orquestrado pela "máfia estrangeira que visa a estabelecer em Amambay".


Condenado pela Justiça brasileira como traficante, Rafaat mantinha uma loja de pneus na linha internacional e foi morto a tiros de fuzil quando saía do trabalho no final da tarde de quarta-feira. Com reforço na segurança, o corpo do empresário e traficante foi velado e enterrado por volta das 11h, no Cemitério Cristo Rei, em Ponta Porã.


Homens armados emparelharam uma camioneta equipado com uma metralhadora antiaérea ao carro da vítima, arma com a qual o atirador conseguiu perfurar o carro blindado do empresário. Segundo informações do jornal paraguaio ABC Color, Rafaat estava entre camionetas ocupadas com os seguranças dele, mas por questões a serem apuradas, teria tomado a frente do comboio quando foi fuzilado.


O carro blindado de Rafaat passou à frente dos seguranças. Quando os seguranças perceberam o carro que atirou no empresário iniciaram uma intensa troca de tiros.


Rafaat foi atingido com 16 tiros, mas segundo a perícia paraguaia, ele morreu com traumatismo crânio-encefálico grave com perda de massa encefálica quando um dos tiros de grosso calibre atingiu a cabeça. O empresário morreu no carro, sentado e, segundo a perícia, sem qualquer vestígio de tentativa de reação.


A empresa de pneus de propriedade do empresário foi incendiada por volta das 4h30 de ontem por homens que chegaram a bordo de um carro. A loja fica na avenida Doutro Francia, área central da cidade paraguaia.
O fogo destruiu parte das instalações causando prejuízos na área dos escritórios da empresa.

Caçada


Logo após a interceptação e execução de Rafaat, várias pessoas foram presas e veículos utilizados pelos bandidos foram apreendidos, incluindo o carro onde foi montada a metralhadora antiaérea.


Ontem, a informação era de que haviam nove pessoas detidas, dos quais oito são guarda-costas de Rafaat. O último detido, o brasileiro que está ferido em um hospital e seria de uma facção criminosa.


Um carioca que seria um dos pistoleiros participantes do ataque ao empresário Jorge Rafaat foi preso pela polícia do Paraguai em um hospital. O homem de 34 anos, morador no Rio de Janeiro teria sido ferido pelos seguranças de Rafaat e, por ter ferimentos de disparo de arma de fogo, a polícia acredita que ele seja o operador da metralhadora antiaérea, já que é ex-soldado das Forças Armadas brasileira, dispensado em 2014. A polícia também acredita que o preso deve contribuir para a elucidação do crime.


Segundo o site paraguaio, mais de 600 policiais que trabalham no departamento de Amambay se encaminharam para Pedro Juan Caballero para reforçar a operação de busca dos assassinos.

O confronto histórico entre criminosos veio três meses após o próprio Jorge Rafaat Toumani ser salvo de um primeiro ataque em Pedro Juan Caballero. Em 7 de março de 2016, um grupo tentou invadir a casa dele com um carro blindado.

Exceção


O senador paraguaio Fernando Silva Facetti levantou a hipótese de declarar estado de emergência para lidar com o tráfico de drogas em Pedro Juan Caballero, Amambay.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Jovem morre atropelado na Presidente Vargas; motorista foge
Dourados

Jovem morre atropelado na Presidente Vargas; motorista foge

17/06/2021 14:30
Jovem morre atropelado na Presidente Vargas; motorista foge
Traficante e batedor são presos pela Defron após perseguição
Polícia

Traficante e batedor são presos pela Defron após perseguição

17/06/2021 11:00
Traficante e batedor são presos pela Defron após perseguição
Cinco são presos por associação criminosa e tráfico de drogas em ação da PM
Polícia

Cinco são presos por associação criminosa e tráfico de drogas em ação da PM

17/06/2021 10:30
Cinco são presos por associação criminosa e tráfico de drogas em ação da PM
Polícia apreende menores que atiraram em motorista durante tentativa de assalto
Polícia

Polícia apreende menores que atiraram em motorista durante tentativa de assalto

17/06/2021 09:00
Polícia apreende menores que atiraram em motorista durante tentativa de assalto
Família mantida em cárcere privado em Naviraí tem a camionete recuperada pelo DOF em Amambai
Polícia

Família mantida em cárcere privado em Naviraí tem a camionete recuperada pelo DOF em Amambai

16/06/2021 11:30
Família mantida em cárcere privado em Naviraí tem a camionete recuperada pelo DOF em Amambai
Últimas Notícias