Dourados – MS quarta, 26 de fevereiro de 2020
Dourados
25º max
19º min
Policia

Aposentados querem Marçal em Aparecida

25 Jan 2011 - 22h37
O deputado Marçal Filho federal discursa durante seminário dos aposentados - Crédito: Foto: DivulgaçãoO deputado Marçal Filho federal discursa durante seminário dos aposentados - Crédito: Foto: Divulgação

DOURADOS - Comemorado na última segunda-feira, o Dia do Aposentado foi solenizado em diversas cidades do Brasil. O principal evento, que marca o início do movimento dos aposentados para 2011 será na cidade de Aparecida do Norte, São Paulo no próximo dia 30. O deputado federal Marçal Filho (PMDB), foi o único parlamentar do Estado convidado a participar da cerimônia.

Promovido pela Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionista (COBAP), em conjunto com as Federações do Estado de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, a comemoração segue as tradições e inicia com a 23º Santa Missa na Basílica de Aparecida.

Idosos de todo o País percorrerão milhares de quilômetros para pedir novas graças à Padroeira Nossa Senhora Aparecida. A Missa será celebrada às 8 horas pelo arcebispo, Dom Raymundo Damasceno Assis. Haverá ainda o Ato Público no Salão Plenário da Basílica de Aparecida para discutir o rumo do movimento para este ano.

“É uma honra ser convidado para participar de um evento tão importante para os aposentados. O trabalho que a COBAP desenvolve ao lado das Centrais Sindicais é de extrema importância para o desenvolvimento do País. Os resultados são visíveis com o fortalecendo cada vez maior da classe”, declarou o deputado que é Coordenador em Mato Grosso do Sul, da Frente Parlamentar em Defesa dos Aposentados e Pensionistas.

A atual luta dos aposentados e pensionistas diz respeito ao salário mínimo, aonde o governo aprovou um aumento menor do que o concedido em 2010, fixando, até agora, o valor em R$545. Segundo o deputado, no retorno do recesso político, dia 2 de fevereiro, estará ao lado das entidades representantes, lutando para que o aumento chegue em R$580. “São milhares de pessoas que contam com este beneficio e sentirão no bolso o resultado deste reajuste. É meu dever como parlamentar continuar lutando para que, trabalhadores, aposentados e pensionistas recebam um salário justo e digno”, concluiu Marçal.

São esperados mais de 15 mil devotos. Caravanas mais numerosas serão de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Além dos sacerdotes, 29 dirigentes do movimento de aposentados poderão permanecer no altar durante a missa. O grupo empunhará estandartes das entidades. Caberá ao presidente da FAPESP, Antonio Alves, a honra de ler a \"Carta de Aparecida\", narrando ao Brasil o calvário dos aposentados que sofrem com baixos salários e falta de respeito por parte da sociedade.

Após o ritual religioso, os romeiros realizarão uma plenária no salão localizado na parte inferior da Basílica. Lá, as autoridades convidadas e as lideranças serão convidas a falar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é assassinado com dois tiros após discussão por R$ 5 mil
Corumbá

Homem é assassinado com dois tiros após discussão por R$ 5 mil

26/02/2020 09:13
Homem é assassinado com dois tiros após discussão por R$ 5 mil
Jovem é executado com 10 tiros e amigo é baleado
Dourados

Jovem é executado com 10 tiros e amigo é baleado

26/02/2020 07:53
Jovem é executado com 10 tiros e amigo é baleado
Desacordo trabalhista motivou o assassinato de ex-prefeito Lanzarini, diz polícia
Amambai

Desacordo trabalhista motivou o assassinato de ex-prefeito Lanzarini, diz polícia

25/02/2020 08:27
Desacordo trabalhista motivou o assassinato de ex-prefeito Lanzarini, diz polícia
Internacional

Detido com cocaína na Espanha, militar é condenado a 6 anos de prisão

24/02/2020 16:00
Autor de homicídio pediu lanche para distrair pessoas e matar homem
Polícia

Autor de homicídio pediu lanche para distrair pessoas e matar homem

24/02/2020 15:00
Autor de homicídio pediu lanche para distrair pessoas e matar homem
Últimas Notícias