Dourados – MS sexta, 18 de setembro de 2020
Dourados
33º max
19º min
Presídio

Acusados de ataques no RN serão transferidos para MS

05 Ago 2016 - 17h00
Até agora, 32 ônibus e micro-ônibus foram queimados. O que motivou os ataques a instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária Estadual Parnamirim. - Até agora, 32 ônibus e micro-ônibus foram queimados. O que motivou os ataques a instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária Estadual Parnamirim. -

O Presídio Federal de Mato Grosso do Sul deve receber neste sábado parte dos supostos lideres de uma série de ataques criminosos que atingiu o Natal e 37 cidades do interior do Rio Grande do Norte, desde o último dia 29 de julho. No total, são 21 detentos que serão transferidos para a penitenciária de Campo Grande (MS), Porto Velho (RO) Rondônia e Catanduvas (PR). O horário do voo não foi informado, mas deve ser ainda pela manhã, pois os presos já foram retirados do Presídio Estadual de Parnamirim (PEP).
A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Justiça e da Cidadania (Sejuc). De acordo com o secretário Wallber Virgolino.

Para que os 21 presos fossem levados para o aeroporto, policiais civis, militares e agentes penitenciários montaram uma megaoperação na manhã de hoje. Batizada de 'Nero' - uma alusão ao imperador que mandou incendiar Roma - os detentos foram levados para exame de corpo de delito na sede do Instituto Técnico de Perícia do estado, em Natal.

Entre os transferidos está João Maria dos Santos Oliveira, um dos líderes da facção. Ele estava foragido da Justiça desde dezembro do ano passado, quando saiu do PEP com um alvará de soltura falso. Oliveira foi preso no último domingo (31), em Parnamirim. Na segunda-feira (1º) cinco presos apontados como líderes de facção e acusados de ordenar os ataques também foram transferidos. Eles estão custodiados no presídio federal de Mossoró.

No Rio Grande do Norte, 106 pessoas já foram presas e aprendidas acusadas de atos de vandalismo. No total, já foram registradas 109 ocorrências, sendo 63 incêndios, 31 tentativas de incêndios, sete atentados usando arma de fogo com disparos feitos contra prédios públicos e proximidades, quatro envolvendo artefatos explosivos e quatro depredações. Até agora, 32 ônibus e micro-ônibus foram queimados. O que motivou os ataques a instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária Estadual Parnamirim.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOF apreende carros com mercadorias contrabandeadas do PY
Contrabando

DOF apreende carros com mercadorias contrabandeadas do PY

18/09/2020 16:32
DOF apreende carros com mercadorias contrabandeadas do PY
Homem se aproxima de irmã e vai preso por descumprir medida protetiva
Dourados

Homem se aproxima de irmã e vai preso por descumprir medida protetiva

18/09/2020 10:29
Homem se aproxima de irmã e vai preso por descumprir medida protetiva
Mulher denuncia médico por injúria e ameaça após briga na Caixa em Dourados
Dourados

Mulher denuncia médico por injúria e ameaça após briga na Caixa em Dourados

18/09/2020 10:01
Mulher denuncia médico por injúria e ameaça após briga na Caixa em Dourados
Biz furtada é recuperada em barreira sanitária pela GM
Dourados

Biz furtada é recuperada em barreira sanitária pela GM

18/09/2020 08:30
Biz furtada é recuperada em barreira sanitária pela GM
Polícia Militar Rodoviária realiza em setembro "Operação Duas Rodas"
Rodovias

Polícia Militar Rodoviária realiza em setembro "Operação Duas Rodas"

17/09/2020 14:57
Polícia Militar Rodoviária realiza em setembro "Operação Duas Rodas"
Últimas Notícias