Dourados – MS sexta, 25 de setembro de 2020
Dourados
35º max
19º min
Jorge Luiz Baldasso

Um novo Camões

13 Jun 2016 - 06h00
De tempos em tempos a humanidade é presenteada com algum grande gênio da literatura, que vem enriquecer nossa cultura, transformar nossa maneira de pensar, trazer vivacidade e alegria ao nosso quotidiano, e, quem sabe, salvar o mundo.


Nosso país, quem diria, é o berço de um destes gênios, descoberto recentemente através de seus discursos memoráveis, alguns transmitidos em rede nacional de televisão, e que tanto nos orgulharam pela sabedoria, perspicácia e pertinência em suas breves intervenções cheias de humor e criatividade. Um sucessor de Camões, quem sabe...


Só para ilustrar, cito abaixo, como aperitivo, algumas de suas mais célebres frases:


"A autossuficiência do Brasil sempre foi insuficiente."


"Nós não quebramos, esse é um país que tem… tem aquilo que vocês sabem o que é."


"Não acho que quem ganhar ou quem perder, nem quem ganhar nem perder, vai ganhar ou perder."


"Então, é para que o bode sobreviva que nós vamos ter de fazer também um Plano Safra que atenda os bodes..."


"Quem transmite a doença não é o mosquito, é a mosquita".


"Então, aqui, hoje, eu estou saudando a mandioca. Acho uma das maiores conquistas do Brasil."


"Por isso, não vamos colocar uma meta. Vamos deixar a meta aberta, mas, quando atingirmos a meta, vamos dobrar a meta".


"Ajuste fiscal? Coisa rudimentar. Gasto público é vida".


"Segregar via de transportes significa o seguinte: não pode ninguém cruzar rua, ninguém pode cruzar a rua, não pode ter sinal de trânsito..."


"Antes, também os índios morriam por falta de assistência técnica."


"Quando nós criamos uma bola dessas, nós nos transformamos em Homo sapiens ou ‘mulheres sapiens’."
"Aqui tem 37 municípios. Eu vou ler os nomes dos municípios… Eu ia ler os nomes, não vou mais. Por que não vou mais? Eu não estou achando os nomes. Logo, não posso lê-los."


"A única área que eu acho que vai exigir muita atenção nossa, e aí eu já aventei a hipótese de até criar um ministério, é na área de… Na área…"


"Eu quero adentrar agora pela questão da inflação, e dizer a vocês que a inflação foi uma conquista desses 10 últimos anos do governo..."


"... derrubar árvores plantadas pela natureza é altamente lucrativo."


"Os homens não são virtuosos, ou seja, nós não podemos exigir da humanidade a virtude, porque ela não é virtuosa."


"Sempre que você olha uma criança, há sempre uma figura oculta, que é um cachorro atrás, o que é algo muito importante."


"O vento podia ser isso também, mas você não conseguiu ainda tecnologia para estocar vento... Então, vamos supor que vente mais à noite, como eu faria para estocar isso?"


"O Brasil é um dos países mais sólidos do mundo, que tem a menor taxa de desemprego do mundo".


Só para esclarecer: já existem livros com a íntegra da obra do(a) autor(a). Agora falta-lhe o Nobel de Literatura. Vamos torcer!


Médico. e-mail: [email protected]

Deixe seu Comentário