Dourados – MS quarta, 12 de agosto de 2020
Dourados
29º max
18º min
Segurança e Saúde JBS
Benê Cantelli

Um dia de reuniões na albms

23 Mai 2016 - 06h00
No último sábado, viajei para Campo Grande junto de nossa confreira Odila Lange, atendendo à convocação feita pela presidente da Academia de Letras do Brasil, seccional MS, com sede na Capital, Maria Helena Sarti.


É evidente que essas reuniões oferecem o estímulo dos reencontros de confreiras e confrades, notadamente para os que somos do interior. Ambiente muito favorável nesse convívio para acender e reacender a motivação para o culto da Literatura Brasileira.


Depois da calorosa recepção a senhora Presidente, sem mais delongas, iniciou a leitura da pauta do dia.
À mesa estavam a senhora Delasnieve Daspet representante em nosso Estado, do Presidente Nacional Dr. Mário Carabajal Lopes, ela que, também, é Presidente da Associação Internacional de Poetas; o Dr. Venâncio Josiel dos Santos, presidente do Conselho Fiscal da ALB\MS e a senhora Presidente da ALB\MS, Maria Helena Sarti.


Na pauta do dia, votação e aprovação do Estatuto da ALB/Povo Cigano; designação das cadeiras ocupadas e as ainda em vacância ALB\MS e ALB\CG, apresentação de novos candidatos a ingressar nas fileiras acadêmicas e designar data e local para a próxima assembleia.


Quando se discutia o Estatuto ponderando designação e regulamentos, valeu sobremaneira a presença de nossa Confreira Odila Lange, visto sua larga experiência em notórias presidências na ADL.


Foi anunciado pela Presidente Maria Helena, o desejo de expandir a Academia para Dourados, em razão do numero expressivo de artistas, autores literários, além de considerar o numero de habitantes de nossa cidade, ocupando o segundo lugar no Estado.


Finda as formalidades da Reunião, o principal momento foi o reconhecimento e conhecimento de confrades e confreiras, alguns presentes pela primeira vez.


Na reunião estavam presentes, também, alguns ciganos que compõem a ALB\Povo Cigano. Solicitei junto ao confradesr, Pedro Nicolich que nos esclarecesse alguns fatos da historiografia do Povo Cigano. Entre, outras, nos disse que a origem do povo cigano remonta aos primórdios da História, em tempos anteriores ao nascimento de Jesus Cristo e, que, atualmente, se encontram em quase todos os países, estando, em maior numero, na Romênia.


Ao nos despedirmos, em ato de cordial generosidade, a sra. Maria Helena e seu esposo Santo Sarti, nos convidaram, quase intimando-nos, ao jantar em sua residência e, também, para, em não viajando, passarmos a noite.


Além de saborear uma suculenta massa à italiana, o vinho servido nos deixou mais eufóricos e mais à vontade. O sr. Santo Sarti, como bom gaúcho, conhece e desfruta de bons vinhos, havendo compartilhado conosco da alegria que o momento ensejava.


Em vários momentos fomos impactados pela ideia de que o gozo no convívio de autores literários emociona e cria laços de profunda amizade, fazendo valer o adágio de que –semelhantes atraem semelhantes-.
Lisonjeados por participarmos de tão honrosas cadeiras na ALB|MS, voltaremos para Dourados com a missão de congregarmos um número maior de confrades e confreiras, abrindo uma seccional da ALB|MS ou que participem conosco na ALB da capital.


No intuito, cada vez maior, de estimular com nossos escritos, novos escritores e amantes da boa escrita, voltamos com o pensamento embebido na verve Camoniana do amor expresso em nossa Língua Pátria.
Bom dia e melhores tempos para todos nós.

Professor e Campista. e-mail: [email protected]

Deixe seu Comentário