Dourados – MS quarta, 30 de setembro de 2020
Dourados
40º max
23º min
Agricultura

Tecnofam vira evento de referência em MS

12 Mai 2016 - 06h00
Tecnofam torna-se evento de referência em agricultura familiar em Mato Grosso do Sul. - Crédito: Foto: DivulgaçãoTecnofam torna-se evento de referência em agricultura familiar em Mato Grosso do Sul. - Crédito: Foto: Divulgação
A Tecnofam 2016 (Tecnologias e Conhecimentos para Agricultura Familiar) já começou. Teve início na quarta-feira, 11, e vai até 13 de maio. Durante os três dias, das 7h30 às 16h30, os agricultores familiares, técnicos de Assistência Técnica, estudantes, acadêmicos e professores podem conhecer tecnologias específicas para o setor agrícola de base familiar - em Mato Grosso do Sul existem mais de 70 mil agricultores familiares.


As autoridades presentes na abertura do evento foram unânimes em dizer que a parceria entre as instituições foram essenciais para que o evento acontecesse. E que a Tecnofam, por reunir tantos conteúdos em um mesmo evento, tornou-se referência em MS.


O pesquisador Guilherme Asmus, chefe geral da Embrapa Agropecuária Oeste, Unidade da Embrapa promotora do evento, disse que a participação das instituições agrega valor à Tecnofam. "Esta é a segunda edição do evento. Sem a parceria não faríamos a Tecnofam", disse Asmus, em nome das chefias da Embrapa Gado de Corte, Pantanal e da Produtos e Mercado, presentes no evento.


O diretor-presidente da Agraer, Enelvo Felini, disse que o evento, ao transferir boas práticas e condutas no campo, ajuda a entrelaçar Mato Grosso do Sul. "A Agraer trabalha junto com a Embrapa e outras instituições para que o produtor possa continuar no campo, gerando renda para a família com sua propriedade", disse Felini, contando que na terça-feira, 10 de maio, a Agraer inaugurou mais um escritório da Agraer em MS, no município de Ladário, totalizando 79 municípios.


Para Landmark Ferreira Rios, secretário da Secretaria Municipal de Agricultura Familiar e Economia Solidária (Semafes), secretaria da Prefeitura Municipal de Dourados, sem políticas públicas não é possível o desenvolvimento pleno da agricultura familiar. "Eventos como a Tecnofam e outras ações são essenciais para o desenvolvimento da agricultura familiar. Este ano de 2016 é estratégico para os gestores que devem ficar atentos ao orçamento para o setor da agricultura familiar com ações voltadas para este público", ressaltou Landmark.


O superintendente da Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar (Sepaf), Edwin Baur, falou em nome do secretário Fernando Lamas. Ele destacou que a Tecnofam estimula a criatividade e a busca por informação e conhecimento. "É isso que os produtores precisam fazer". Segundo ele, a Sepaf tem desenvolvido diversos programas, como para as culturas do arroz, algodão, girassol, trigo, milho, para atividades como suinocultura, ovinocultura, bovinocultura, agroecologia e agroindústria familiar. "E a Embrapa, o Senar, o Iagro têm sido grandes parceiros para chegarmos ao produtor".


Muitas das tecnologias que estão sendo demonstradas a campo têm origem na Embrapa Agropecuária Oeste e em outras Unidades da Embrapa: Algodão, Amazônia Ocidental, Arroz e Feijão, Gado de Corte, Gado de Leite, Hortaliças, Instrumentação, Mandioca e Fruticultura, Meio Norte, Milho e Sorgo, Pantanal, Suínos e Aves, Tabuleiros Costeiros. Também têm tecnologias desenvolvidas pela Agraer, Uems, UFGD e de empresas expositoras.


A realização do evento é da Embrapa, Agraer, Sepaf, Senar/MS e Prefeitura Municipal de Dourados, através da Secretaria Municipal de Agricultura Familiar e Economia Solidária (Semafes).


A programação completa do evento pode ser visitada neste link: http://bit.ly/1SXbkez. A inscrição é gratuita. Durante todo o dia, os participantes trocam ideias com técnicos e pesquisadores sobre diversas tecnologias nas tendas da Mostra, que ficam logo na entrada do evento; 12 tecnologias a campo, localizadas na vitrine tecnológica da Embrapa Agropecuária Oeste logo após as tendas. De 13h30 às 16h30, os interessados podem fazer uma das cinco oficinas práticas, ao lado das tendas, com vagas limitadas e inscrições diárias a partir das 12h30 no local. Também estão presentes a feira de Agricultura Familiar, mostras de equipamentos e implementos agrícolas, CAR-móvel do Imasul para o cadastro ambiental rural e ações do CCZ com a Embrapa contra o mosquito Aedes aegypti.

Deixe seu Comentário