Dourados – MS domingo, 12 de julho de 2020
Dourados
32º max
17º min
Dia-a-Dia

Sindicato alerta sobre notas manchadas

02 Jun 2011 - 22h50
População deve ficar atento ao receber notas de real - Crédito: Foto: DivulgaçãoPopulação deve ficar atento ao receber notas de real - Crédito: Foto: Divulgação
DOURADOS – O Sindicato dos Bancários da Grande Dourados alerta a população sobre a nova medida do Banco Central (BC) de invalidar as notas de Real manchadas de tinta automaticamente quando o caixa eletrônico é violado. A medida passou a valer desde o dia 1º de junho.


Segundo nota do Sindicato, o Banco Central informou que não vai ressarcir o cidadão. Em outras palavras, quem, por descuido, receber a nota alterada ficará no prejuízo.

Para o Sindicato, quem não quiser perder dinheiro terá que redobrar a atenção. As notas marchadas apresentam marca densa e cor rósea. O cliente que estiver com uma cédula manchada, deve levar ao banco, que, por sua vez, encaminha ao BC. O ressarcimento, no entanto, só acontece se a mancha não for do dispositivo.

O sindicato orienta ainda que em casos de saque no auto-atendimento, a pessoa deve retirar um extrato imediatamente para comprovar o saque e se dirigir à instituição financeira para fazer a reclamação. Se o saque for feito fora do expediente bancário, o cliente deve registrar um Boletim de Ocorrência e apresentar CPF, RG e comprovante de residência ao banco para receber a nota.

De acordo com Joacir Rodrigues de Oliveira, do Sindicato dos Bancários, a medida mais uma vez prejudica apenas o consumidor que, além da demora em ter o dinheiro de volta, no caso de saque no caixa eletrônico, ainda vai ter de ser fiscal do banco e analisar se a cédula em mãos é ou não manchada. “Não é a toa que os bancos lucram bilhões todos os anos, pois estão sempre jogando o prejuízo para cima da população, que amarga longo tempo de espera nas filas, número diminuto de funcionários para o atendimento, juros e tarifas exorbitantes”, afirma.

A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) emitiu nota orientando a população a rejeitar as cédulas que estiverem manchadas de tinta. Informa que as cédulas manchadas estão sendo tratadas da mesma forma que as notas falsificadas.

A Febraban esclarece que o dinheiro não perde seu valor, mas diz em nota publicada em seu site que as pessoas podem se recusar a receber o dinheiro marcado.

Os bancos estão orientados a reter as notas marcadas, fazer a identificação do seu portador e encaminhar as cédulas suspeitas para análise do Banco Central.

A Febraban informou que vem se reunindo com o Banco Central constantemente para adotar procedimentos que ajudem a coibir os roubos a terminais e dificultar o uso do produto roubado.

Deixe seu Comentário