Dourados – MS quinta, 28 de maio de 2020
Dourados
24º max
min
JBS (Fazer o bem)
Dia-a-Dia

Secretária propõe mudanças ao trânsito

10 Nov 2010 - 18h48
Secretária Ana Luiza fala de mudanças que estão sendo estudadas no trânsito 
Crédito: A. Frota 

 - Secretária Ana Luiza fala de mudanças que estão sendo estudadas no trânsito Crédito: A. Frota -
Técnicos da Secretaria Municipal de Planejamento estão discutindo com profissionais da Secretaria Municipal de Obras e o Departamento de Trânsito da Semsur (Serviços Urbanos) as prioridades urbanas de Dourados. Entre os projetos para médio prazo estão as adequações do sistema viário, que devem aliviar o trânsito na área central.

De acordo com a secretária de Planejamento, Ana Luiza Lacerda, existe a necessidade de dotar a cidade de outras op-ções de vias que desafoguem as ruas principais. Para isso, está no planejamento a duplicação da General Ozório no tre-cho entre a Marcelino Pires e a Rodovia MS-156 para reduzir o fluxo de veículos na Hayel Bon Faker.

“Precisamos adequar as ruas do eixo principal da cidade à quantidade de veículos. A Joaquim Teixeira Alves, por exemplo, tem seu fluxo de veículos aumentado há cada ano por causa do Shopping e agora com a inauguração do hiper-mercado Extra. É uma rua considerada eixo secundário por não estar ligada à rodovia, mas precisa ser completamente duplicada também porque dá suporte às ruas do eixo principal”, explicou Ana Luiza.

Existe ainda a proposta de duplicação da Avenida José Roberto Teixeira, no trecho entre a Rua José Pederiva e a Avenida Indaiá, e a continuidade da duplicação da Avenida Guaicurus, com canteiro central até o trevo do Hospital Uni-versitário, para que haja suporte ao trânsito de veículos para o hospital, para o Centro de Convenções, Residencial Monte Carlo e para o salão de festas Cerrado Brasil.

“Nós discutimos a capacidade de suporte do sistema viário atual, o que essas ruas têm e o que pode ser feito com o fluxo interbairros para priorizar a segurança no trânsito. A Semsur está conosco também, discutindo a ampliação do nú-mero de semáforos em cruzamentos e instalação de alertas e rotatórias”, afirmou.

De acordo com a secretária, as melhorias não têm prazo para serem executadas e ainda estão em fase de conversa e priorização. “Nós temos um cuidado muito grande em não diminuir a área do passeio público e em não colocar obstácu-los, mas o trânsito de Dourados está complicado. Tivemos um aumento muito grande de caminhões, por exemplo. Por isso o Anel Rodoviário é uma obra necessária para mudar esse fluxo e a cidade merece isso”, ressaltou a secretária.

Deixe seu Comentário