Dourados – MS quarta, 15 de julho de 2020
Dourados
28º max
14º min
Respeito à Vida/ALMS (Ramal)
Dia-a-Dia

Região central de Dourados é alvo de campanha contra o Aedes

30 Jan 2016 - 07h00
Vice-prefeito Odilon Azambuja, em visitao ao O PROGRESSO. - Crédito: Foto: DivulgaçãoVice-prefeito Odilon Azambuja, em visitao ao O PROGRESSO. - Crédito: Foto: Divulgação
A região central de Dourados foi ontem alvo da força-tarefa realizada pela prefeitura. As equipes de concentraram logo de manhã na Praça Antônio João e de lá saíram em visita domiciliar nas residências e comércio. O vice-prefeito Odilon Azambuja, o secretário de Saúde, Sebastião Nogueira, o vereador Idenor Machado e o presidente da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), Antônio Nogueira estiveram no local conversando com as equipes que trabalharam na força-tarefa.


Trabalharam no mutirão cem agentes de endemias da prefeitura, soldados do Exército, servidores de serviços gerais da Semsur (Secretaria de Serviços Urbanos) e voluntários. Uma equipe ficou na Praça Antônio João fazendo panfletagem, orientações e vacinação antirrábica. “Convocamos toda a sociedade a participar dessa luta, contra o mosquito da dengue”, convida o vice-prefeito.


A campanha também contou com o apoio da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) que visitou o comércio local fazendo orientação. Foram distribuídos sacos de lixo. Caçambas foram colocadas em locais estratégicos para os comerciantes recolherem material reciclável, como papéis, plásticos, caixas, garrafas, latas, entre outros. A campanha também tem o apoio do Corpo de Bombeiro, Polícia Militar e Guarda Municipal.


A área central de Dourados é um dos setores da cidade que apresentaram maiores índices de infestação do mosquito Aedes aegypti, ficando em 3,7%, conforme o último LIRAa (Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti). A ação de ontem aconteceu no quadrilátero, entre as ruas Eulália Pires até a Mato Grosso, e da Monte Alegre até a Cuiabá.


A bióloga do CCZ (Centro de Controle de Zoonozes) Rosana Alexandre da Silva lembra que o objetivo é sensibilizar e conscientizar a população da importância do comprometimento de cada um em manter limpos seus imóveis para que não haja depósitos propícios para proliferação do mosquito Aedes aegypti. “Não vamos deixar que futuramente venha ocorrer uma epidemia, como vem acontecendo em outras cidades do Estado”, disse.

Força-tarefa


Os mutirões estão acontecendo em Dourados desde o inicio deste mês, dentro do Plano de Contingência de combate ao Aedes aegypti que transmite a Dengue, Febre Chikungunya, Zika Vírus. O mais recente mutirão aconteceu na quinta-feira, na Vila Rosa, Vila Índio Altos da Monte Alegre, Vila Planalto e imediações. Nesses locais foram inspecionados 2.751 imóveis e mais 593 que estavam fechados. Foram encontrados 28 focos do mosquito e emitidas 29 notificações.


Hoje será realizada uma força-tarefa das 7h às 13h na Vila Alvorada e Jardim Tropical. O ponto de encontro das equipes será na Escola Estadual Reis Veloso.

Deixe seu Comentário