Dourados – MS sexta, 25 de setembro de 2020
Dourados
35º max
19º min
DENGUE

Queda nas notificações de dengue

05 Abr 2016 - 08h54
Previsão é de que as seis tendas sejam recolhidas na próxima semana. - Crédito: Foto: DivulgaçãoPrevisão é de que as seis tendas sejam recolhidas na próxima semana. - Crédito: Foto: Divulgação
Graças a redução de casos notificados de dengue em Campo Grande, o Exército Brasileiro começou a recolher as barracas canadenses montadas no dia 10 de dezembro de 2015 nas unidades de saúde que serviram, durante a epidemia da doença, que dava suporte para hidratação de pessoas com suspeita da doença.

Nesta segunda-feira (4) está prevista a retirada de duas tendas, uma da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Universitário e outra no Vila Almeida. Na semana passada outras três já foram desmontadas, sendo uma na UPA do Universitário, Vila Almeida e Dona Neta.

Segundo a diretora de Assistência à Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), Rosimeire Arias, além de não serem mais necessárias, o Exército vai precisar do material. "Diminuímos o número de atendimento, os leitos das unidades estão sendo suficientes", explicou a diretora.

No ano passado ao todo foram disponibilizadas seis tendas, sendo três na UPA do Universitário, duas no Vila Almeida e uma na Unidade Básica de Saúde (UBS) Dona Neta, no Bairro Guanandi. Assim que foi montada a tenda do Universitário teve que ser inutilizada por conta de um problema no ar condicionado. O interior da barraca mais parecia uma sauna e ficou impossível permanecer no local. Em seguida ela foi desmontada.

Durante a permanência das tendas nos estacionamentos das unidades, em quatro meses, foram realizados 2625 atendimentos e 3539 exames coletados, no Vila Almeida. No Universitário foram feitos 1475 atendimentos e 2872 exames coletados. Na Unidade Básica de Saúde Dona Neta, o último a receber as barracas de campanha, 581 pessoas foram atendidas e 493 exames coletados.

Apesar de não ser mais útil neste momento, Rosimeire afirma que a parceria com o Exército continua e que, se for preciso, as barracas serão cedidas novamente.

Em Dourados

De acordo com os números do governo do Estado, em Dourados, foram mais de seis casos relacionados a dengue, com os dados atualizados dia 28 de maio.

Deixe seu Comentário