Dourados – MS sexta, 03 de julho de 2020
Dourados
20º max
min
Jornal Educação

Programa Jornal e Educação

26 Out 2015 - 10h27
Programa Jornal e Educação  -
Dourados 80 anos: Eu Conto Essa História!

Dourados completa 80 anos de emancipação político-administrativa, no dia 20 de dezembro. O jornal O PROGRESSO/ Instituto Weimar Torres participam deste projeto de valorizar e resgatar a história de Dourados, apresentando um pouco do histórico dos patronos e patronesses das escolas municipais. Hoje, vamos conhecer um pouco sobre Neil Fioravanti. A bibliografia é o livro “Memórias de Dourados- Ruas, Edifícios e Logradouros Públicos”, da professora doutora Lori Alice Gressler - 1996

Biografia

Neil Fioravanti nasceu em Dourados aos 15 de junho de 1932 e faleceu aos 30 de setembro de 1992. Filho de Arnulpho Fioravanti (Seo Gaúcho) e Isabel Muzzi Fioravanti (Dona Naquinha). Casada com Ivone Bassil Fioravanti, teve dois filhos, Rosana e André. Cursou o primário no Erasmo Braga e estudou em Paraguaçu Paulista (SP). Concluiu o colegial em 1955. Foi sócio benemérito do Centro Estudantil do Colégio Estadual do Paraná e fundador da Associação Douradense de matogrossenses. Graduou-se em Farmácia pela Universidade Federal do Paraná, em 1958 e, em Direito, pela Faculdade de Presidente Prudente, em 1967. Foi advogado, professor, farmacêutico, assessor jurídico da Prefeitura de Itaporã. Foi também rotariano, por mais de 30 anos, tendo sido presidente por duas gestões. Foi secretário do Asilo da Velhice Desamparada, sócio fundador do Iame, em 1980. Participou do Seminário Internacional de Estudos Jurídicos em Israel, em 1987. Foi contador das histórias do “Laquicho”.

Deixe seu Comentário