Dourados – MS terça, 22 de setembro de 2020
Dourados
27º max
14º min
Fonoaudiologia

Problemas na voz podem ser prevenidos

16 Abr 2016 - 06h00
Fonoaudiólogo Ademir Garcia Baena é especialista em voz. - Crédito: Foto: AcervoFonoaudiólogo Ademir Garcia Baena é especialista em voz. - Crédito: Foto: Acervo
É importante que profissionais da voz mantenham hábitos corretos de postura, gestos e boa qualidade vocal, pois seu padrão de conduta pode decidir o futuro da carreira. Além do aquecimento e desaquecimento vocal, precisa adotar atitudes: evitar gritar, ar condicionado, uso de sprays, entre outros. As dicas são do fonoaudiólogo, Ademir Garcia Baena, para este Dia Mundial da Voz.


Segundo ele, a prevenção é o principal meio para evitar problemas vocais como nódulos nas pregas vocais, relacionados principalmente ao abuso vocal que também causam pólipos, cujo principal sintoma é a rouquidão. Na lista de problemas vocais, Baena aponta cistos, inchaço laringite, e outros.


Entre os agravantes aos problemas vocais, Baena lista o tabagismo, alcoolismo, o pigarro que arranha a prega vocal e gritos. Tomar água é fundamental, assim como evitar a automedicação. A articulação das palavras deve ser precisa, sem exagero.


Baena, que já atuou em programa vocal junto a educadores da rede pública, acredita que seria necessário maior envolvimento das instituições em prol de politicas efetivas à saúde vocal. Ele alerta que o maior vilão é o câncer de laringe. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença acomete cerca de 15 mil brasileiros por ano; a maioria usuário de álcool e fumo.


Entre os sintomas a serem investigados, estão ardência, sensação de corpo estranho na garganta, falhas da voz, cansaço vocal, baixa intensidade da voz, esforço, excesso de pigarro, rouquidão persistente por mais de duas semanas. Nestes casos, deve-se buscar ajuda de médico otorrinolaringologista e fonoaudiólogo.

Deixe seu Comentário