Dourados – MS sábado, 19 de setembro de 2020
Dourados
30º max
20º min
MATO GROSSO DO SUL

Grupo é investigado por desviar R$ 500 mil em medicamentos

15 Jun 2016 - 08h27
Participam da operação 90 policiais federais e nove servidores da CGU
Foto: Umberto Zum/TanaMidia Naviraí - Participam da operação 90 policiais federais e nove servidores da CGU Foto: Umberto Zum/TanaMidia Naviraí -
Grupo é investigado na cidade de Naviraí (MS) acusado de desviar R$ 500 mil em medicamentos.A Polícia Federal (PF), a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF) fazem nesta quarta-feira (15) a operação Tarja Preta para cumprir mandados contra os envolvidos, ligados a administração municipal.

As investigações sobre o grupo começaram em 2015. Ficou constatado que os suspeitos eram ligados ao chefe do Executivo e forneciam medicamentos de forma direcionada a determinadas pessoas, em prejuízo à população carente.

Relatório da CGU apontou que a farmácia era usada como meio político, por servidores públicos, que cometiam corrupção e fraudes, tendo como resultado o desvio de medicamentos.

Além dos desvios de remédios, conforme a PF, foram verificadas fraudes na aplicação de recursos do Fundo Nacional de Saúde e aquisição de medicamentos constantes do Programa de Atenção Básica em Saúde

O desvio de pelo menos R$ 500 mil é referente a apenas um ano, segundo levantamento da CGU. A quantia pode ser maior após análise de documentos que devem ser apreendidos durante a operação.

Participam da operação 90 policiais federais e nove servidores da CGU. O objetivo é cumprir 17 mandados de busca e apreensão, 12 mandados de condução coercitiva e dois sequestro de bens de investigados.

Os mandados estão sendo cumpridos em Campo Grande, Naviraí e Três Lagoas. Os materiais apreendidos serão encaminhados à Delegacia da PF em Naviraí.

Deixe seu Comentário