Dourados – MS sexta, 18 de setembro de 2020
Dourados
33º max
19º min
Denúncia

Pastor é acusado de abusar de enteado de 5 anos

06 Jul 2016 - 18h20
O senador e pastor Magno Malta (PR-ES) afirmou, nesta quarta-feira, em plenário, que um pastor foi preso após abusar do próprio enteado de 5 anos. Em seu pronunciamento, o político classificou o acusado como "falso pastor" e que foi pressionado por lideranças religiosas a denunciar o caso. O casal é líder do Ministério AME (Aliança Mundial de Evangelização e Ensino), com sede no Rio de Janeiro.

"O fato é que a pastora, casada com o senhor FH, descobriu que esse pastor, falso pastor, estava abusando de seu filhinho de cinco anos de idade", disse o senador, que afirmou ter tido acesso ao pedido de prisão do pastor, feito pelo do Ministério Público do Rio de Janeiro ao juíz da 17ª Vara Criminal Paulo César Vieira Carvalho Filho. "O garoto relata todos os fatos, já foi ouvido por psicólogo e psiquiatra", acrescentou o político.

Segundo o senador, o pastor, após saber que a esposa estava ciente dos abusos, tentou se matar e confessou ter cometido o crime. Magno Malta informou que o pastor já está preso e que a criança foi atendida por psicólogo.

O senador defendeu punições rigorosas para aqueles que abusam de crianças.

"Nós precisamos ter prisão perpétua neste país para três tipos de gente: para narcotraficante, abusador de criança e corrupto - disse o senador, acrescentando que os pedófilos "são contumazes, irrecuperáveis" e, por isso, não pode viver em sociedade.

Deixe seu Comentário