Dourados – MS terça, 22 de setembro de 2020
Dourados
27º max
14º min
Obras

Obra do Centro Especializado de Reabilitação está adiantada

01 Abr 2016 - 09h54
Cerca de 40% das obras de construção do Centro Especializado em Dourados já foram executadas. - Crédito: Foto:  Ricardo MinellaCerca de 40% das obras de construção do Centro Especializado em Dourados já foram executadas. - Crédito: Foto: Ricardo Minella
Com cerca de 60% das obras concluídas, segue em ritmo normal a construção do Centro Especializado em Reabilitação (CER II) que teve início em junho do ano passado e está em andamento no Bairro Terra Roxa, à Rua Esthon Marques, esquina com a Travessa B, Lote A, Quadra B1, em Dourados. Segundo o engenheiro Jaime Visotto, a previsão de entrega, caso haja a liberação de recursos, é para o final do ano ou começo de 2017.


A construção do CER foi viabilizada pelo deputado federal Geraldo Resende junto ao Ministério da Saúde, em parceria com a Prefeitura e o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência. O investimento, oriundo do programa "Viver sem limite", do Ministério da Saúde, deverá somar R$ 2,6 milhões. Além de doar o terreno, o Município está investindo uma contrapartida de R$ 105 mil.


Do total previsto, R$ 2,5 milhões foram empenhados em 6 de julho de 2012. A primeira parcela, no valor de R$ 750 mil foi depositada na conta da Prefeitura em 15 de maio de 2014 e o deputado Geraldo Resende está trabalhando junto ao Ministério da Saúde visando a liberação das demais parcelas.

Parceria


A conquista do CER para Dourados está sendo possível mediante uma parceria, firmada em 2012 entre o deputado Geraldo Resende e a Prefeitura. Na época, a então secretária municipal de Saúde Silvia Bosso garantiu a contratação de profissionais para a operacionalização e funcionamento do Centro, além de solicitar, por meio de convênio com o governo do Estado, recursos para aquisição dos equipamentos. Atualmente, a obra encontra-se executada em cerca de 45% do projeto, estando na fase estrutural, que contempla o levantamento de paredes, a concretagem de pilares e a implantação do sistema hidráulico. A próxima fase é instalação de uma cobertura metálica no prédio. A expectativa é que a unidade fique pronta até junho de 2016.

Projeto


Segundo o projeto, o local terá capacidade para atender 1,5 mil pacientes de toda a região da Grande Dourados, que contempla 34 municípios. "O objetivo do CER é garantir um amplo serviço de assistência à saúde, promovendo a reabilitação e a reintegração social de pessoas com deficiência", explica o deputado Geraldo Resende. O diretor da Associação Alecrim, Ronaldo Ferreira Gomes, que participou da luta pela implantação da unidade, destaca a importância do Centro. "O CER vai beneficiar muitas pessoas com deficiência, principalmente crianças que precisam do atendimento". O Centro contará com profissionais capacitados e habilitados para prestar atendimento de 12 horas por dia, de segunda a sexta-feira. Os pacientes não terão mais que sair do município para receber atendimentos especializados.-

Deixe seu Comentário