Dourados – MS domingo, 20 de setembro de 2020
Dourados
27º max
16º min
PROTESTOS

O pensamento dos jovens, mudam o rumo da sociedade

23 Mar 2016 - 10h19
"Não vamos desistir do Brasil"
Foto: Divulgação
Edição: Carlos Augusto - "Não vamos desistir do Brasil" Foto: Divulgação Edição: Carlos Augusto -
"Envolvo-me com política desde os 12 anos de idade, e gosto muito disso, sempre achei que o Brasil, ou que apenas Dourados podia ser um lugar melhor para se viver, logo de cara criei uma página no Facebook que se chamava Indignados, no começo a página era apenas para comédia, mas logo passou a tomar outro rumo, entramos para o rumo da política", diz Robson da Silva.

Recentemente, Robson da Silva foi citado como membro de um projeto, uma organização que não levantava bandeiras, e lutava por algo maior, todo o povo brasileiro. Fazendo parte do grupo, o jovem com pouca idade, acabou mostrando grande força de vontade para lutar pelo povo Douradense, e acabou trazendo grandes projetos para tentar tirar os jovens de algum caminho ruim.

"Eu administrava uma escola de futebol no Parque das Nações, se eu pudesse, hoje mesmo a colocaria de volta para todos os jovens, conseguimos tirar muitos jovens do caminho errado, de 60 jovens que faziam parte do projeto, 40 deles lutaram por uma vida melhor, lutaram para sair do caminho errado e trazer algo melhor para suas vidas e suas famílias", disse Robson.

O jovem Robson da Silva sempre possuiu grandes metas em sua vida, todas ligadas ao ramo da política. Em uma série de perguntas feitas para o rapaz, o mesmo acabou mostrando que se preocupa mais com o povo brasileiro, que com ele mesmo.

"Minhas únicas metas do momento, é defender o povo brasileiro do golpe, lutar pelos meus ideais, luto por cada comunidade existente em Dourados, a classe LGBT, diversas religiões e outro, não levanto bandeiras, eu levanto a igualdade no meio do povo, levanto o caráter que cada um de nós temos que ter, tento mostrar que todos somos iguais, do nosso jeito, nós temos direitos nesse grande Brasil", declarou.

"Temos que concordar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é um grande líder, ele consegue mexer com a cabeça do próximo, mas também temos que concordar que uma vez, ele disse que os americanos estavam na frente, pois pensavam com a cabeça, e os brasileiros estavam atrás, pois pensavam com a barriga, acho sim que ele deveria ser preso, é algo justo", disse.

Quando perguntado em relação a Dourados, o jovem disse:

"Em relação a Dourados, eu acho que todo o cenário em si, afetou o município, por mais que Dourados seja uma das cinco melhores cidades para se viver, ainda sim, estamos passando por poucas e boas, felizmente temos um bom prefeito que acabou trazendo grandes mudanças para Dourados, ele trabalha, nossa cidade está ficando melhor", declarou Robson.

"A PF (Polícia Federal) tinha que ter uma maior autonomia para poder agir sobre todo o cidadão brasileiro. A Lava Jato mostra apenas, que todos estão sendo tratados como qualquer cidadão comum ali não importa se é uma grande pessoa importante economicamente para o Brasil ou um simples trabalhador, o Brasil está mudando", finalizou

Carlos Augusto - Especial para O PROGRESSO

Deixe seu Comentário