Dourados – MS segunda, 10 de agosto de 2020
Dourados
32º max
18º min
Campanha Parcelamento Conta
CULTURA

Murilo vai destinar no orçamento 1% da arrecadação para a cultura

08 Jun 2016 - 10h29Por Do Progresso
Prefeito Murilo e secretário Carlos Fábio reunidos com membros do Conselho Municipal de Política Cultural de Dourados. - Crédito: Foto: A.Frota/AssecomPrefeito Murilo e secretário Carlos Fábio reunidos com membros do Conselho Municipal de Política Cultural de Dourados. - Crédito: Foto: A.Frota/Assecom
O prefeito Murilo vai destinar no orçamento do município de Dourados para 2017 a previsão de 1% da arrecadação própria para a aplicação em cultura. A confirmação foi dada a uma comissão do CMPC (Conselho Municipal de Política Cultural) de Dourados, que se reuniu com o prefeito na manhã desta terça-feira.

"Se esse dinheiro realmente foi aprovado no orçamento vai haver uma mudança radical no panorama de cultura em Dourados", afirma João Rocha, professor e ator e membro do CMPC. É que a destinação no orçamento também precisa da aprovação da Câmara de Vereadores. "Nós já conversamos com a Comissão de Cultura da Câmara, que já indicou ser favorável a destinação de um recurso maior para a cultura", acrescenta Bruno Augusto da Silva, chefe da divisão de Ações Culturais da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e também membro do conselho.

O prefeito Murilo explica que as ações de organização das contas do município ao longo de seis anos de governo possibilitam que a partir de agora se possa destinar esse percentual para o desenvolvimento da cultura em Dourados. Para ele, investir em cultura é investir no desenvolvimento e na promoção de Dourados inclusive em nível nacional, através dos artistas que serão formados com os programas de incentivo.

Participaram da reunião também o secretário de Cultura, Carlos Fábio, e o diretor da pasta Carlos Marinho. Ambos fazem parte do CMPC; Marinho é presidente. Também foi discutido sobre o FIC (Fundo de Investimento em Cultura), cujo edital deve ser lançado em breve

O secretário Carlos Fábio desta o comprometimento do prefeito Murilo com a Cultura. "Primeiro o prefeito criou a Secretaria de Cultura, que foi um passo importante da organização das ações das culturais no município; agora nos sinaliza com a destinação de 1% da arrecadação própria para a cultura. É uma ação muito importante que vai colocar Dourados em destaque no Estado e até no Brasil, já que se abrem possibilidades enormes na produção de cultura e eventos", afirma o secretário.

O recurso a ser inserido no orçamento é para o apoio, promoção, desenvolvimento e produção cultural e artística no município e ainda desenvolvimento, obras e manutenção do espaço físico. Carlos Fábio diz que a Secretaria de Cultura fará agora um estudo sobre as leis que regem sobre a área cultural para a aplicação no orçamento.

Para João Rocha, com mais recursos será possível investir na formação do artista e na formação do público. "Será possível criar um circuito de teatro ou de uma área musical, por exemplo, com apresentações por um período mais longo, inclusive, por toda a cidade, contribuindo também para desenvolver o gosto artístico na população", afirma. "Vamos poder descentralizar eventos, levando-os para os bairros, oficinas, shows e espetáculos", acrescenta.

Já Bruno Augusto lembra que 1% não é um valor absurdo, mas um investimento importante e necessário, fundamental no desenvolvimento do ser humano. "Vai contribuir para Dourados ser o grande polo de cultura do Estado. O fato de estarmos ao lado do Paraguai e também próximos à Bolívia vai permitir também a interação cultural. Os resultados serão grandes no futuro", diz Bruno.

Deixe seu Comentário