Dourados – MS segunda, 21 de setembro de 2020
Dourados
26º max
15º min
Justiça

MP pede suspensão da concessão da Sanesul em Dourados

10 Jun 2016 - 14h00
O Ministério Público Estadual recomendou na manhã de hoje que a Câmara Municipal suspenda a votação do projeto de Lei que autorizou a concessão da Sanesul para continuar explorando o serviços de água e esgoto em Dourados por mais 30 anos.

O decreto nº 65/2015 é de autoria da Prefeitura de Dourados e segundo o MP desrespeita a legislação. De acordo com o decreto 7.217/2010 exige dos municípios a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico antes da renovação de concessões.

A Lei Municipal 3.266/2009, que trata da Política Municipal de Saneamento Básico, cujo art.18 estabelece prazo de um ano para a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico "elemento fundamental de planejamento das ações, serviços e investimentos para o saneamento básico e deverá proceder e vincular a delegação de serviços de saneamento".


A denúncia ao MP foi protocolada pelos vereadores Elias Ishy e Virginia Magrini.


Nesta semana o arquiteto e urbanista Luiz Carlos Ribeiro, presidente da Ong "Salvar", disse em entrevista ao O PROGRESSO que o projeto de autoria do executivo, aprovado sob protestos na noite da última segunda-feira em primeira votação, deveria comprometer a Sanesul a desenvolver ações em favor do meio ambiente, principalmente quanto ao Rio Dourados e seus afluentes. "O assoreamento do Rio Dourados, de onde a Sanesul retira parte da água para o município, avança e compromete a sobrevivência do Rio", diz. Veja a entrevista completa:

Deixe seu Comentário