Dourados – MS terça, 04 de agosto de 2020
Dourados
31º max
15º min
Segurança e Saúde JBS
Parquímetro

Motociclistas não vão pagar pelo estacionamento

03 Jun 2016 - 06h00
Motociclistas que também pagariam para estacionar, a partir do mês que vem, estão desobrigados. - Crédito: Foto: Hedio FazanMotociclistas que também pagariam para estacionar, a partir do mês que vem, estão desobrigados. - Crédito: Foto: Hedio Fazan
A volta da cobrança do estacionamento rotativo em Dourados começa na segunda-feira, dia 6, e a principal novidade após a justiça determinar a suspensão do serviço na área central cidade é que os motociclistas que também pagariam para estacionar, a partir do mês que vem, agora estão desobrigados. Acordo entre a empresa EXP Parking - responsável pelo rotativo - com o Ministério Público Estadual (MPE) ajustou as novas formas de atuação de cobrança na área azul. A principal reclamação de usuários era sobre a cobrança fracionada, antes a cada meia hora e agora passará para até 5 minutos.


Outra novidade que entrará em funcionamento - a partir do segundo semestre de julho - é a introdução do "cartão inteligente". Trata-se de um sistema metálico um pouco menor que um cartão de crédito, para ser fixado no painel do carro. Carregado com energia solar, esse dispositivo será responsável por fazer comunicação via radioconferência com outro dispositivo que será implantado a partir da semana que vem ao lado de cada vaga de estacionamento.


"Basta o usuário estacionar na vaga que automaticamente ele será incluído no sistema de contagem de tempo. Quando ele deixar a vaga o próprio sistema deligará o condutor, sem que ele precise recorrer a aplicativo de celular ou para os monitores", explica o diretor de relacionamentos da EXP Parking, Sérgio Iran Soares. O cartão inteligente, segundo ele, é adotado em 10 cidades onde a empresa tem concessão do rotativo.


Este cartão só estará disponível a partir do dia 17 de julho, prazo que a EXP tem para demarcar as 1219 vagas espalhadas pela região central, incluindo a tecnologia de radioconferência. A aquisição do dispositivo terá valor de R$ 40, incluindo nele o mesmo valor em crédito. Nas próximas recargas o usuário poderá colocar valor em crédito de acordo com a preferência.


Sérgio explica que a recarga do cartão poderá ser feita em pontos de venda a ser definido na área central; pela internet, na compra por cartão de crédito pelo site da Exp Parking; com os monitores nas ruas ou na sede da empresa em Dourados. Para quem adotar este sistema, a cobrança mínima será a cada 5 minutos, no valor de R$ 0,17.


Enquanto não se inicia a venda do cartão inteligente, os usuários continuam a utilizar o aplicativo que pode ser baixado no celular smartphone. Através dele é possível demarcar a vaga estacionada, porém é necessário estar conectado à internet. O valor do estacionamento para o tempo máximo, que é de duas horas, continua sendo o mesmo: R$ 2.


Para quem adquirir vaga de estacionamento de forma presencial com os monitores e nos pontos de venda o período de fracionamento mínimo será a cada 10 minutos, no valor de R$ 0,33. Para facilitar troco na hora da compra, a EXP solicitou à Agência de Trânsito de Dourados e ao MPE a redução do valor para R$ 0,30, porém ainda não recebeu resposta para reduzir o valor. Está prevista a ampliação de vagas de estacionamento de forma a se estender até a região do terminal rodoviário. No entanto caberá à Agetran realizar um estudo técnico e determinar o período de quando a EXP passará a ampliar os serviços. Todo o investimento na zona azul é por conta da EXP e 20% da arrecadação do estacionamento é repassado à prefeitura.

Deixe seu Comentário