Dourados – MS quarta, 12 de agosto de 2020
Dourados
29º max
18º min
Segurança e Saúde JBS
Dia-a-Dia

Morre o ex-prefeito de Figueirão, Neilo Cunha

11 Jan 2016 - 07h00
Neilo Cunha foi eleito prefeito de Figueirão com 50,31% dos votos. - Crédito: Foto: DivulgaçãoNeilo Cunha foi eleito prefeito de Figueirão com 50,31% dos votos. - Crédito: Foto: Divulgação
Vítima de anemia profunda, morreu na madrugada de sábado (9), em Campo Grande, o ex-prefeito da cidade de Figueirão, Neilo Cunha, de 39 anos. Ele foi afastado do cargo de prefeito em março de 2015, depois de eleito em eleição suplementar.


Há cerca de 30 dias, Neilo foi transferido por parentes para um hospital de Campo Grande. Ele foi diagnosticado com anemia e o quadro clínico só piorou. Há 15 dias, ele foi internado na Clínica Campo Grande e teve de ser transferido para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva)


Neilo nasceu em Três Lagoas e era professor de História na Rede Estadual de Ensino de Figueirão. Em 2005 deixou a carreira acadêmica para se candidatar ao cargo de vereador da cidade.


Ele venceu as eleições por três mandatos consecutivos e chegou a presidir a Câmara Municipal nos anos 2008 e 2009.


Em setembro de 2013, em eleição suplementar, Neilo foi eleito prefeito de Figueirão com 50,31% dos votos válidos. Ele assumiu o cargo no lugar de Getúlio Furtado Barbosa (PMDB), que teve o mandato cassado em abril do mesmo ano por abuso de poder econômico.


Neilo comandou a cidade até março do ano passado, quando o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) cancelou a eleição suplementar da cidade.


O corpo de Neilo foi levado para Figueirão no mesmo dia do seu falecimento. O velório aconteceu Câmara Municipal da cidade e o sepultamento ocorreu ontem.

Pesar


O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), prefeito de Nova Alvorada do Sul, Juvenal Neto (PSDB), lamentou o falecimento do ex-prefeito ocorrido no fim de semana na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Clínica Campo Grande.


“Em nome dos 79 prefeitos de Mato Grosso do Sul, a Assomasul lamenta o passamento do ex-prefeito Neilo. “É com pesar que vimos nos solidarizar com a família enlutada, a quem encaminhamos as nossas condolências”, disse Neto, destacando a dedicação do ex-gestor às causas municipalistas.

Deixe seu Comentário