Dourados – MS sábado, 05 de dezembro de 2020
Dourados
26º max
20º min
Influx
Imaculada-Mobile
Dia-a-Dia

Morre Altair da Costa Dantas, o Dr. Alcodan

07 Dez 2015 - 09h59
Altair da Costa Dantas foi diretor do jornal O PROGRESSO. - Crédito: Foto: Hedio Fazan/ArquivoAltair da Costa Dantas foi diretor do jornal O PROGRESSO. - Crédito: Foto: Hedio Fazan/Arquivo
O advogado e articulista Altair da Costa Dantas, de 79 anos de idade faleceu no último sábado em um hospital de Campo Grande após sofrer uma parada cardíaca. Dantas ou simplesmente “Alcodan” residiu por várias décadas em Dourados até retornar para Campo Grande, onde nasceu, para ficar perto de familiares.


O advogado atuante na comarca de Dourados era assessor jurídico do Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Grande Dourados - Sinjorgran, para quem prestou relevantes serviços. “O Dantas era uma referência em tudo porque ele era muito culto e entendia de tudo - direito, futebol, literatura, história -, perdemos uma enciclopédia e acima de tudo um amigo leal”, lamentou Luís Carlos Luciano, presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Região da Grande Dourados.


Doutor Dantas gostava de esportes, especialmente de futebol: era vascaíno roxo. Também escrevia poesias e crônicas no jornal O Progresso com pseudônimo “Alcodan”, abordando geralmente temas esportivos. Era um dos articulistas que colaborava com este matutino há mais tempo. Desde 1964 ele escrevia artigos. Foi também diretor de O PROGRESSO por um determinado período, permanecendo no jornal, como funcionário, até a morte do fundador Weimar Gonçalves Torres, no ano de 1969. Depois foi atuar em funções advocatícias, mas nunca deixou de conviver com a redação.

Deixe seu Comentário