Dourados – MS quarta, 30 de setembro de 2020
Dourados
40º max
23º min
Dia-a-Dia

Maurício: Lei do FoodTruck protege Dourados da crise

02 Mar 2016 - 06h00
Vereadores elogiaram o trabalho de Maurício Lemes que regulamenta a atividade no município de Dourados. - Crédito: Foto: DivulgaçãoVereadores elogiaram o trabalho de Maurício Lemes que regulamenta a atividade no município de Dourados. - Crédito: Foto: Divulgação
O projeto do vereador Maurício Lemes sobre o FoodTruck foi elogiado pelos vereadores na sessão da Câmara Municipal. Em primeira votação, os demais colegas entenderam a importância da ação na geração de oportunidades, emprego e renda aos douradenses, principalmente em um momento em que se fala em crise nacional.


“É uma experiência que deu certo no Brasil e no mundo, pois é um plano desenvolvimentistapara impedir que o município entre em um processo de recessão”, declara o parlamentar. Ele deixa claro também que não tem ligação com barracas de rua ou feiras, pois tem um nível alto de excelência sanitária, urbanística, trânsito e um padrão de qualidade que diferencia e melhora o turismo gastronômico da cidade.


Para o vereador Marcelo Mourão, um empenho como esse valoriza o trabalho do legislativo e está no caminho para o município se destacar como a metrópole do interior de Mato Grosso do Sul.


“Quanto mais opções, mais pessoas em Dourados. Se estamos caminhando para ser um grande centro de consumo, então, precisamos ter Leis em equilíbrio a isso”, afirma Maurício. Ele faz parte da Comissão de Indústria, Comércio e Turismo, juntamente com Mourão, onde deliberaram a tramitação do projeto.


Já o vereador Elias Ishy relatou que por ser um estudo complexo, merece destaque, principalmente, pela discussão com a sociedade, Secretarias e envolvidos no setor, como a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes).


O vereador Maurício explica que isso se dá também pelo fato de que é uma ideação para a família, que vai a busca de alimentos diferenciados, em espaços públicos aliados ao bem-estar.


Por esse fato ainda que todo estabelecimento, segundo a Legislação, terá seus direitos e deveres, já que não é uma atividade que isenta o empreendedor, sendo desleal ao Comércio em geral.


Um exemplo disso é que não se pode parar onde quiser, mas onde a concessão for estabelecida. O próximo passo é a segunda análise, votação e aprovação na Casa de Leis.

Deixe seu Comentário