Dourados – MS segunda, 28 de setembro de 2020
Dourados
32º max
21º min
Dia-a-Dia

Lei de Virgínia prevê ações contra a cinomose

17 Nov 2015 - 09h13
Lei de Virgínia protege animais. - Crédito: Foto: DivulgaçãoLei de Virgínia protege animais. - Crédito: Foto: Divulgação
A Câmara de Vereadores de Dourados aprovou, por unanimidade, o projeto de lei de autoria da vereadora Virgínia Magrini (PP) que dispõe sobre a promoção de campanhas anuais de conscientização para a vacinação de cães contra a doença cinomose. “Constitui como objetivo primordial do projeto, a campanha para conscientização da população douradense, em especial aos donos dos cães, para a gravidade da cinomose, que é a doença mais grave nos cães e altamente contagiosa. Daí vem a necessidade e a importância da vacinação preventiva”, alertou a progressista.

O cachorro acometido pela doença, começa a ter secreção ocular, pústulas na barriga e no focinho e, em alguns casos, para de comer. Não consegue andar em linha reta direito e começa a ter espasmos musculares. Quando chega a essa fase é porque o vírus já chegou ao sistema nervoso.

Virginia explica que o poder público não pode fazer a vacinação porque não se trata de zoonose, ou seja, não afeta o ser humano, mas a cinomose é uma doença grave, que mata 80% dos animais infectados, o que exige maior conscientização quanto à necessidade de vacinar os cães. A lei exigirá a divulgação e orientação, informando que existe a vacina contra a cinomose e que deve ser feita anualmente por um médico veterinário.

Deixe seu Comentário