Dourados – MS quarta, 21 de outubro de 2020
Dourados
34º max
21º min
Influx
Dia-a-Dia

Jovens temem ficar sem secretaria

21 Fev 2011 - 22h18
Conselho de Juventude de Dourados é formado por pessoas voluntarias - Crédito: Foto: DivulgaçãoConselho de Juventude de Dourados é formado por pessoas voluntarias - Crédito: Foto: Divulgação
DOURADOS – Integrantes do Conselho de Juventude temem que a cidade de Dourados continue sem uma secretaria municipal que os represente. A proposta de criação da Secretaria da Juventude partiu da prefeita inteirina Délia Razuk, no final do ano passado. Ficou de ser votada na Câmara Municipal, que pensou em colocar o assunto em debate em sessão, fato até hoje não concretizado.

Acontece que o prefeito eleito Murilo Zauith (DEM) teria dito à imprensa que o interesse seria criar uma Secretaria de Cultura. Murilo toma posse amanhã, em ato solene na Câmara Municipal.

A criação de uma nova secretaria mexe com o orçamento daquelas que já estão em andamento. Isso ocorre porque passaria a funcionar sem orçamento próprio. Para uma secretaria nova entrar em funcionamento, neste caso, seria necessário retirar certa porcentagem do orçamento das demais, ou seja, repartir o dinheiro.

O presidente do Conselho de Juventude de Dourados, Gleiber Nascimento, criou ontem uma carta para encaminhar aos vereadores e ao prefeito eleito. O documento, que traz justificativas sobre a criação da Secretaria Municipal da Juventude, será entregue no dia da posse de Murilo Zauith.

Gleiber disse que o Conselho da Juventude, formado por 21 jovens voluntários, não irá “bater o pé para a criação da Secretaria da Juventude”. “Essa não é nosso proposta, até porque a criação da secretaria partiu do Legislativo e do Executivo. Apenas estamos em campanha para que ela possa se tornar uma realidade”, disse o representante dos jovens.

Várias cidades do país possuem a Secretaria da Juventude, sendo ela responsável por executar atividades na área da saúde, educação, esporte, lazer e de inserção dos jovens no mercado de trabalho. “Esse tipo de secretaria é muito importe por executar trabalhos diretamente com a juventude”, enfatiza Gleiber Nascimento.

O representante dos jovens pontua a necessidade da criação de projetos para os jovens, como cursos continuados, qualificação profissional, oficinas de formação política e cidadã, pois “é ela quem garante nossa participação política e na sociedade”.

O Conselho de Juventude espera agendar ainda esta semana uma reunião com os vereadores e o prefeito eleito parar tratar sobre a Secretaria da Juventude.

Deixe seu Comentário