Dourados – MS segunda, 13 de julho de 2020
Dourados
31º max
19º min
Respeito à Vida/ALMS (Ramal)
Dia-a-Dia

Immunitas Vacinas recebe certificação de qualidade da SBIM

10 Dez 2015 - 09h37
Antônio Carlos Praça, Elizabeth Mendonça Praça e Renata Praça Longhi. - Crédito: Foto: DivulgaçãoAntônio Carlos Praça, Elizabeth Mendonça Praça e Renata Praça Longhi. - Crédito: Foto: Divulgação
Muitos não sabem, mas os adultos também precisam estar com a vacinação em dia. Em Dourados, os biomédicos Elizabeth Maronna e Antônio Carlos Praça trabalham na conscientização das pessoas sobre esse cuidado, que pode prevenir várias doenças gravesem jovens e idosos. “Quando se pensa em vacina, a ideia é de que vacina é só para criança, mas não, é para todos, do 0 aos 100 anos”, observa a dra. Elizabeth Praça, especialista em Imunologia e Parasitologia Médica e com aperfeiçoamento em Vigilância Sanitária, pela FioCruz (RJ).


Há dois anos, eles inauguraram uma clínica que se tornou modelo de excelência em orientação e administração de vacinas. Por isso, a Immunitas Vacinas acaba de ser acreditada pela Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIM), com um selo de qualidade que atesta a conformidade do seu trabalho com todas as normas do setor. “A acreditação comprova que a empresa está legalmente embasada,e que se atualiza, sempre participando de cursos de reciclagem”, explica o dr. Antônio Carlos, também especialista em Imunologia e auditor de Controle de Qualidade em Laboratórios de Análises Clínicas e de Patologia Clínica.


Os critérios de acreditação dizem respeito à documentação, às práticas de biossegurança e à rastreabilidade dos lotes dentro da chamada “Cadeia de Frio”. Ou seja, em todo o processo de fabricação, na saída do laboratório fabricante, no transporte, armazenamento na Clínica e na hora da aplicação, uma vacina deve estar dentro da faixa de temperatura adequada a sua conservação.Uma anormalidade, em qualquer parte da cadeia de frio, implica no descarte do produto.


“Os órgãos de controle têm conhecimento de quem são os nossos fornecedores, que também devem ser homologados por eles, como é a nossa cadeia de frio, isso tudo é comprovado”, observa o biomédico, dizendo que todas as atividades da Clínica são registradas e transformadas em relatórios.


Por essa razão, a Immunitasvacinas é a única clínica privada da região Sul do estado autorizada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a emitir o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia contra a Febre Amarela (CIVP). A Clínica conta ainda, em sua equipe, com a médica infectologista Renata Praça Longhi, mestre em saúde pública e docente do curso de Medicina da UFGD.

Deixe seu Comentário